RCB/TuneIn
Quarta, 18 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
SANDRA FERREIRA RECANDIDATA-SE
Rádio Cova da Beira
A presidente da junta de Sobral de S. Miguel recandidata-se de novo ao cargo nas autárquicas do próximo ano com o objectivo de concluir alguns projectos que não foi possível realizar este mandato que foi “atípico” para o executivo daquela aldeia do xisto.
Por Paula Brito em 29 de Jul de 2016
 

 “Se não houver nenhuma condicionante serei candidata, como independente, porque temos que concluir alguns projectos que temos em mente porque nós tivemos um mandato atípico porque o executivo que está hoje comigo não é o mesmo com que iniciei: a emigração levou-me o secretário, infelizmente no caso do tesoureiro foi mais grave, teve um acidente de viação esteve muito mal, mas felizmente recuperou”.

Uma das obras que pretende ainda concluir este mandato é o arranjo da rua que liga os Torgais à ponte e que segundo a autarca, é essencial para a mobilidade na aldeia “o Sobral tem uma condicionante que é quando chegamos à zona da ponte ou temos um todo o terreno ou temos que voltar a atrás, eu quero acreditar que até final do mandato teremos este caminho a funcionar, terá apenas um sentido, mas é uma alternativa muito importante o arranjo deste caminho”.

Para o próximo mandato ficará a requalificação da sede da junta de freguesia, uma obra essencial para a freguesia na medida em que vai permitir libertar a casa museu João dos Santos e coloca-la ao serviço dos visitantes que são cada vez em maior número “foi para isso que esse espaço foi criado para ser um centro interpretativo, uma casa de acolhimento ao visitante, um posto de informação, a tal loja de produtos regionais.”

Se não for possível realizar a obra com fundos comunitários, Sandra Ferreira admite recorrer a outros fundos destinados à requalificação de sedes de junta uma vez que Sobral de S. Miguel nunca foi contemplado com este tipo de verba. Quanto ao projecto de requalificação da sede da junta será apresentado publicamente na próxima assembleia de freguesia e prevê retirar o reboco à maior parte do edifício deixando o xisto à vista e forrar o telhado com ardósia, para se enquadrar na mais recente aldeia do xisto da rede.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados