RCB/TuneIn
Segunda, 17 Jun 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
PENAMACOR: JS VAI A VOTOS
Rádio Cova da Beira
Renato Robalo da Silva é candidato único à liderança da concelhia da juventude socialista de Penamacor. O acto eleitoral está marcado para esta quarta-feira e vai permitir a reactivação daquela estrutura da JS.
Por Nuno Miguel em 27 de Jul de 2016

Em declarações à RCB, Renato Silva sublinha que decidiu avançar com esta candidatura “para abraçar um desafio que me foi lançado pela estrutura distrital uma vez que a concelhia actualmente estava sem qualquer actividade e, do meu ponto de vista, ela é fundamental para o futuro do concelho. É necessário dar voz aos jovens do concelho de Penamacor e é isso que nós queremos fazer e ao mesmo tempo representá-los junto das diferentes instituições e reforçando assim o papel dos jovens”.

O candidato à liderança da JS acrescenta que a falta de emprego que permita fixar os jovens no concelho é o principal problema que a juventude enfrenta em Penamacor “ a falta de investimento e de fixação de empresas é uma questão que nos preocupa uma vez que sem isso não há condições para fixar os jovens no nosso concelho. Penso que nesse aspecto é preciso trabalhar bastante no sentido de criar condições para, em primeiro lugar, conseguirmos manter no nosso concelho os jovens que lá estão e depois disso criar uma estratégia com condições benéficas que nos permita atrair os jovens de fora”.  

Questionado pela RCB sobre os motivos de se candidatar à liderança da JS depois de nas últimas autárquicas ter estado do outro lado da barricada, Renato Silva é peremptório “pouco tempo depois de ter sido eleito deputado municipal considerei, por vários factores, que o projecto que estava a ser desenhado na altura pelo PSD não se encontrava enquadrado nas minhas convicções e ideais. Por isso abandonei todas as funções que na altura desempenhava e mantive-me sempre à margem mas acompanhei de forma muito atenta as reformas implementadas pelo actual executivo”.

O candidato à liderança da juventude socialista faz ainda uma avaliação positiva do trabalho realizado pela equipa do PS na câmara municipal de Penamacor “penso que todos os munícipes tem consciência de que neste momento não se pode fazer mais do que está a ser feito; já foram realizados vários projectos, a dívida da autarquia tem vindo a diminuir de forma substancial e há investimentos feitos no concelho não só em Penamacor mas também nas freguesias e por isso considero que o balanço é positivo”.  

No que respeita à composição dos órgãos, o secretariado vai ser composto por sete elementos. Anabela Campos preside à mesa da assembleia de militantes e Paulo Geraldes encabeça a lista de representantes à concelhia do PS.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados