RCB/TuneIn
Terça, 10 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“NÃO É O MOMENTO PARA DISCUTIR A REDISTRIBUIÇÃO DOS FUNDOS”
Rádio Cova da Beira
É desta forma que o ministro adjunto do primeiro ministro reage às críticas de vários autarcas da região que se mostram apreensivos pelo facto de 80 por cento do valor dos fundos comunitários já utilizados terem sido aplicados em regiões do litoral.
Por Nuno Miguel em 29 de Jun de 2016

Em visita à região, Eduardo Cabrita refere que quando o actual governo assumiu funções as taxas de execução eram extremamente reduzidas e o actual executivo já procurou tomar medidas para minimiar o problema “eu acho que antes de serem usados todos os fundos que estão em cima da mesa, que são quase mil milhões de euros, não tem sentido falar em reprogramação. Chegará o momento próprio em que essa questão pode ser discutida mas neste momento o mais importante é que todos possam usar os recursos que foram colocados à disposição sobretudo em áreas como a educação, a saúde e a regeneração urbana”.

O ministro adjunto do primeiro ministro não poupa ainda nas críticas às prioridades estabelecidas pelo anterior executivo aquando da assinatura do acordo de parceria “nós não somos responsáveis pelas opções que foram tomadas e discordamos delas em larga medida mas depois de dois anos de funcionamento do actual quadro comunitário o que constatámos, quando chegámos ao governo, é que não havia ainda um cêntimo disponível para as autarquias e aquilo que entendemos é que o programa começasse a funcionar e foi isso que fizemos porque não podíamos perder mais tempo”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados