RCB/TuneIn
Quarta, 11 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
COVILHÃ: MUTUALISTA CONVIDA VEREADORES DO MAC
Rádio Cova da Beira
Depois das dúvidas levantadas na última reunião do executivo covilhanense acerca do protocolo a estabelecer entre a CMC e a Associação de Socorros Mútuos da Covilhã, para o funcionamento da Unidade Móvel de Saúde (UMS), a direção da Mutualista decidiu convidar os dois vereadores do Movimento Acreditar Covilhã a visitarem a instituição e "dissiparem todas as dúvidas".

Declarações de Nélson Silva
Por Paulo Pinheiro em 28 de Jun de 2016

Outras da categoria:

No final da última assembleia geral, o presidente da direção da Mutualista  defendeu a necessidade de esclarecer os dois autarcas acerca do protocolo que a instituição apresentou à Câmara Municipal da Covilhã com vista ao funcionamento da (UMS) "se têm dúvidas vamos tentar esclarece-los", refere Nélson Silva.

OIÇA O SOM

A Unidade Móvel de Saúde consiste numa viatura automóvel dotada de mobiliário e equipamento médico e de enfermagem, vocacionada para a prestação de serviços na área designadamente para ações de promoção e vigilância de saúde, assim como de prevenção na doença.

Após uma análise cuidada que se debruçou na distribuição de serviços de saúde (extensões de saúde e farmácias) no concelho da Covilhã, na densidade populacional idosa e na percentagem de população idosa nas diferentes freguesias e ainda nas acessibilidades/limitações geográficas, a Mutualista definiu cinco itinerários:

1- Aldeia de São Francisco de Assis (manhã), São Jorge da beira - Sobral de São Miguel (à tarde).

2- Sarzedo (manhã) e Verdelhos (à tarde)

3 - Aldeia de Souto (manhã) e Vale Formoso (á tarde)

4 - Orjais - Borralheira- Terlamonte (manhã) e Gibaltar (à tarde)

5- Bouça - Ourondinho (manhã) e Cortes de Baixo e Corte do Meio (à tarde). 

O projeto da Unidade Móvel de Saúde da Mutualista Covilhanense da CMC, CHCB, FCS da UBI, Departamento de Informática da UBI, MedUBI, Juntas de Freguesia e instituições sociais.

Na última assembleia geral, os associados aprovaram, pro unanimidade, a proposta da direção para a contratação de financiamento para a aquisição da UMS e  caldeias de condensação para aquecimento, no valor global de cerca de 92 mil euros. Uma operação a liquidar em cinco anos. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados