RCB/TuneIn
Sexta, 10 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
NECESSIDADES “SÃO IMENSAS”
Rádio Cova da Beira
A médica Isabel Duque Martins, da unidade local de saúde de Castelo Branco, vai coordenar os trabalhos da comissão nacional de cuidados paliativos para a região centro. O convite foi formulado pela presidente da comissão nacional, Edna Gonçalves, que é directora deste serviço no hospital de São João, do Porto.
Por Nuno Miguel em 24 de Jun de 2016
 

A equipa nacional é constituída por cinco pessoas e foram também empossados outros cinco elementos que assumem cada uma das coordenações regionais, ligadas às administrações regionais de saúde. Para Isabel Duque Martins este convite é o reconhecimento do trabalho feito nesta área na região.

  

Em relação à coordenação regional o trabalho vai começar com o levantamento das necessidades de cuidados paliativos no centro do país mas Isabel Duque Martins antevê que as necessidades “são imensas”. A região, tal como o resto do país, necessita de equipas intra-hospitalares, de cuidados na comunidade em ambulatório e também de internamento.

 

Mas também é necessário ter pessoas com informação básica em cuidados paliativos “que possam fazer aquilo que nós chamamos de atenção paliativa”. Essas pessoas podem trabalhar nos hospitais mas também nos centros de saúde e nos cuidados continuados “aquilo que se pretende é que sejam transversais a todos os níveis de cuidados”, diz a médica em declarações ao jornal “Reconquista”

 

Ao mesmo tempo é essencial dar passos na formação, como já acontece com o mestrado em cuidados paliativos da escola do Instituto Politécnico de Castelo Branco. Isabel Duque Martins tem esperança que a formação também chegue à faculdade de ciências da saúde da universidade da Beira Interior.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados