RCB/TuneIn
Quinta, 22 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
AD ESTAÇÃO: VITOR REBORDÃO NÃO SE RECANDIDATA
Rádio Cova da Beira
Numa altura em que a Associação Desportiva da Estação da Covilhã está a comemorar o 40º aniversário, o presidente da direcção Vitor Rebordão, há 36 anos no cargo, em declarações à RCB, à margem da realização do 14º Torneio "Diamantino Costa", referiu que "não serei candidato a novo mandato, porque sinto-me desiludido e triste com a forma como a Câmara está a tratar o clube, e é irreversível."
Por Miguel Malaca em 14 de Jun de 2016

O líder da ADE acrescenta que " actualmente sinto-me mais um problema do que uma solução daí que, de facto, não irei apresentar a minha recandidatura. Repito, estou triste e desiludido, uma vez que a Câmara Municipal da Covilhã, não está a cumprir com o protocolo feito nos anos oitenta em que se comprometeu a construir o complexo desportivo do clube em troca da cedência de terrenos dados pela ADE, e isso não está a ser feito."

Vitor Rebordão diz ainda que " acredito que a edilidade tenha muitas dificuldades financeiras, elas existem, mas, acho também que há alguma coisa contra o Vitor Rebordão, e assim, é melhor sair. Dei tudo ao clube durante 38 anos, deixei a família e a minha profissão para trás, para abraçar este projecto ADE, mas não consegui. Espero que com outras pessoas a liderar, tudo isso se consiga. Servi a cidade e a juventude ajudando a praticar futebol, e acho que existe uma grande ingratidão para comigo e para com o clube. Faltam cerca de 200 mil euros para concluir a obra, daí que, espero que a ADE continue a ser um dos melhores clubes da região e do país, no futebol de formação. Quanto à nova época, não falo, nem tão pouco tenho nada preparado, uma vez que não serei candidato. Acredito que haverá soluções directivas para o próximo biénio. Por fim, quero apenas referir que estou muito feliz pelo êxito do Torneio "Diamantino Costa", e muito triste pelo futuro do clube." Rematou o presidente da ADE.

Recorde-se que actualmente a CMC apoia a ADE em 4 mil euros/mês.

Também em declarações à RCB, o edil covilhanense, diz que " ainda bem por um lado que o presidente Vitor Rebordão reconhece as nossas dificuldades financeiras, elas são reais. Não temos dinheiro para concluir as obras do complexo desportivo da AD Estação. Estamos a ajudar dentro do possível, o esforço é grande, mas nesta altura, mais não podemos. Temos todos de ter paciência, pois tudo irá mudar, assim espero também. Mesmo passando a Municipal, este complexo, nesta altura, não poderá ser terminado pela edilidade, com muita pena digo isto. Espero também que o senhor Vitor Rebordão reconsidere e continue a ser o presidente do clube, uma vez que a história dele se confunde com a história da ADE, e o trabalho feito tem sido magnífico. Quanto aos documentos do protocolo dos anos oitenta, continuam em análise por parte da autarquia." Disse Vitor Pereira, à margem do 14º Torneio "Diamantino Costa" da ADE.

As eleições na Associação Desportiva da Estação (Covilhã), deverão realizar-se nos meses de julho ou setembro deste ano. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados