RCB/TuneIn
Terça, 02 Mar 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÔŅĹTICA
PERABOA: PRESIDENTE DA CMC APELA AO DI√ĀLOGO
Rádio Cova da Beira
Um lamento mas sem preocupa√ß√£o. √Č desta forma que o presidente da c√Ęmara da Covilh√£ reage aos acontecimentos pol√≠ticos que marcaram a √ļltima reuni√£o da assembleia de freguesia de Peraboa que ficou marcada pela demiss√£o do presidente do √≥rg√£o e em que pelo segundo ano consecutivo, foram reprovados os documentos de presta√ß√£o de contas apresentados pela junta de freguesia.
Por Nuno Miguel em 29 de May de 2016
 

Em declarações à RCB, Vítor Pereira volta a deixar um apelo ao diálogo entre as diferentes forças políticas para que seja encontrada uma solução para o impasse. O autarca covilhanense lamenta a situação mas não se mostra preocupado quanto ao normal funcionamento dos órgãos

 

“Preocupado não estou mas lamento que essas situações tenham sucedido, não são desejáveis. Peraboa merece que as forças políticas e as pessoas se entendam. A vida política quanto mais localizada mais confronto tem, mas devemos todos fazer um esforço para ultrapassar as dificuldade e sermos mais tolerantes uns com os outros”, defende o presidente da CMC.

 

Vítor Pereira garante que vai empenhar-se na procura de uma solução para este diferendo, mas admite que as posições estão extremadas e o aproximar das próximas eleições autárquicas tende a dificultar um eventual entendimento

 

“As posições estão extremadas e dificilmente melhorarão com o aproximar das eleições autárquicas. A minha experiência política diz-me que dificilmente as coisas irão melhorar, mas a esperança é a ultima coisa a morrer. Esforçar-me-ei para que o entendimento entre as partes possa acontecer. Deixo um apelo aos intervenientes: coloquem acima dos interesses pessoais os interesses de Peraboa”, afirma.

 

O autarca covilhanense repete o apelo para que os interesses das populações da freguesia de Peraboa se coloquem acima de quaisquer interesses partidários mas admite que não é fácil encontrar uma solução para uma questão que se arrasta desde 2014.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados