RCB/TuneIn
Terça, 05 Jul 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PARKURBIS “É EXEMPLO DO QUE PODE SER FEITO PARA ATRAIR INVESTIMENTOS PARA A REGIÃO”
Rádio Cova da Beira
O secretário de estado da indústria aponta o parque de ciência e tecnologia da Covilhã com um dos bons exemplos que existe na região para captar investimentos tecnológicos para a Beira Interior. A afirmação feita por João Vasconcelos no final de uma visita às instalações do “Parkurbis” onde ficou a conhecer em detalhe os cerca de 40 projectos empresariais que actualmente estão a ser dinamizados naquele espaço.
Por Nuno Miguel em 28 de Apr de 2016

O governante destaca o papel que a câmara da Covilhã tem assumido na dinamização daquele espaço e considera que o concelho reúne todas as condições para encarar o futuro ao nível da economia digital “o «Parkurbis» é há muitos anos um exemplo do que pode ser feito nesta região para atrair investimentos sofisticados, empresas globais e da dita nova economia. Hoje em dia, na atracção de investimento estrangeiro e de apoio às empresas é muito mais importante o papel das autarquias e dos poderes regionais do que o do governo central e a Covilhã tem todos os instrumentos necessários para encarar o futuro da economia e esta nova revolução industrial que é a digitalização da economia. No digital não há interior nem litoral mas há quem oferece qualidade de vida, segurança, boas condições de trabalho e as empresas escolhem as localizações onde melhor conseguem reunir esses pressupostos”.

João Vasconcelos acrescenta que “isto é uma nova economia baseada no conhecimento, na valorização dos recursos humanos e que essencialmente necessita de fontes de conhecimento e de infraestruturas tecnológicas e científicas que esta cidade tem. A Covilhã preparou-se para o século XXI, tem a sua universidade, os seus empreendedores, tem o «Parkurbis» e também o «Data Center» que é uma infraestrutura única em Portugal. Isso já serviu para atrair várias empresas mas eu acho que vai servir para atrair muitas mais e até contribuir para que mais empresas nasçam aqui”. 

De acordo com o presidente da câmara da Covilhã o “Parkurbis” tem actualmente o maior número de empresas a desenvolver a sua actividade desde a sua inauguração mas há ainda alguns espaços disponíveis para acolher novos projectos. Vítor Pereira sublinha que essa situação também se fica a dever ao facto de algumas iniciativas já terem evoluído para a economia real “o bom sinal de ainda existiram alguns espaços disponíveis é que há empresas que aqui vieram incubar e que já ganharam a sua própria autonomia e a trabalhar com mais força ainda. O caminho que nós temos vindo a trilhar passa por atrair para aqui as boas ideias e aqueles que se autonomizam para outros voos se possam desenvolver mas que acabem por se fixar no nosso concelho como é desejável”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados