RCB/TuneIn
Segunda, 17 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CPCJ FUNDÃO ACOMPANHA 43 CASOS
Rádio Cova da Beira
A Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) do concelho do Fundão acompanhou, no ano passado, 81 processos, e este ano, tem nesta altura 43 processos activos, 37 dos quais transitaram de 2015. O balanço feito à RCB pela presidente da comissão no mês em que se assinala a prevenção contra os maus tratos infantis.
Por Paula Brito em 28 de Apr de 2016
 “Vou dizer quais são as problemáticas mais frequentes dentro da CPCJ e acho que nenhuma fica excluída dos maus tratos, por exemplo, absentismo e abandono escolar, abuso sexual, condutas desviantes, negligência, maus tratos físicos e psicológicos, problemas de comportamento, violência doméstica, qualquer coisa que não garanta o bem estar de uma criança por ser apelidado de mau trato”.

Segundo Paula Pio, das situações que a CPCJ acompanha a negligência é a mais frequente. Um fenómeno transversal a todo o concelho “há uma situação que é mais frequente que são pessoas que vêm das aldeias viver para a cidade e que não têm suporte familiar, falo de apoio a uma mãe e um pai que trabalham, e até a nível financeiro, e esta é uma realidade que é bastante frequente”.

À RCB a presidente da comissão de protecção de crianças e jovens do concelho do Fundão, diz que os números não traduzem no entanto toda a realidade “estes números dizem pouco do que é a situação real, porque infelizmente há muitas situações que não chegam a ser denunciadas porque nesta questão há ainda um certo pudor em sinalizarem o que presenciam, ainda há aquela coisa em que numa família cada um sabe da sua dinâmica”.

Paula Pio deixa assim o apelo à denúncia que pode ser sempre feita de forma anónima através de carta, (apartado 391 – 6234 – 909 Fundão), e-mail (cpcj_fundao@hotmail.com) ou por telefone (962021230).


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados