RCB/TuneIn
Terça, 14 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
PESCA: COVILHÃ RECEBE PROVA INTERNACIONAL
Rádio Cova da Beira
Federação Portuguesa de Pesca Desportiva, Câmara Municipal da Covilhã, Universidade da Beira Interior, e Grupo Recreativo Refugiense, estão de parabéns. Num trabalho conjunto, viram aprovada este mês, pelo congresso internacional realizado em Setúbal, a candidatura portuguesa(Serra da Estrela), ao Masters de Pesca à Pluma sem morte, em maio de 2017.
Por Miguel Malaca em 26 de Apr de 2016

A República Checa era o outro país concorrente.

Nesta modalidade, recorde-se, o pescador constrói um isco que se assemelha a um insecto.

Nesta prova mundial, participam apenas atletas com mais de 50 anos, e que habitualmente levam ao local da competição cerca de mil pessoas, durante vários dias.

O trabalho feito em conjunto por estas instituições, mais o video promocional que foi visto em pleno congresso, foi um "forte lóbi em torno desta candidatura", refere Américo Reis, vice-presidente da FPPD, à RCB.

O dirigente e responsável pela área à Pluma, lembramos, já tinha dito também à Rádio Cova da Beira que estava na altura confiante na vitória, e que  "como temos trabalhado muito e bem em conjunto com a UBI e o professor Pedro Guedes de Carvalho, com a Câmara Municipal e o presidente Vitor Pereira, tal como com José Espírito Santo, presidente do Refugiense, teremos que agora iniciar uma série de tarefas, destacando-se desde logo, a introdução de peixe nas águas (rio Zêzere, barragens e lagoas), na Serra da Estrela." Acrescentando que, " o repovoamento das trutas é feito com exemplares criados em viveiro, e isso terá de ser feito já este ano, como forma das fêmeas se adaptarem ao meio natural. É importante também que os pescadores locais não pesquem o peixe todo de uma só vez." Alerta.

Américo Reis, recordando ainda as suas declarações antes do congresso, dizia que " através deste grande evento mundial, a região da Covilhã e Beira Interior, em caso de vitória(como veio a confirmar-se), deve também aproveitar toda a sua oferta cultural, patrimonial, paisagística e gastronómica, que concerteza irá agradar  e muito aos atletas internacionais, uma vez que, não podemos esquecer que o Rio Zêzere é fantástico, e as Lagoas e Barragens da Serra da Estrela, são incríveis para a modalidade." Disse na altura.

Relativamente a Jorge Torrão, vereador do desporto do Município da Covilhã, referiu entretanto na semana passada à RCB " que esta candidatura conjunta e que ganhou o Masters de 2017, é uma grande notícia para a Covilhã e demonstra todo o excelente trabalho feito por todos nós, e em particular pelo professor José Espírito Santo do GR Refugiense. Agora à que continuar a trabalhar para que a prova seja de facto um enorme sucesso." Disse o autarca.

O presidente da direcção do GR Refugiense disse também à RCB que "é fantástico termos ganho esta candidatura para Portugal e para a cidade da Covilhã em particular . Valeu a pena todo este esforço feito, mostrámos que temos capacidade de organizar coisas e vamos concerteza realizar um masters espectacular no próximo ano, agora à que continua a trabalhar em conjunto. Parabéns à região, Câmara Municipal da Covilhã, UBI e FPPD, e também à RCB pelo apoio, incentivo e divulgação desta nossa iniciativa e desejo concretizado." Referiu José Espírito Santo, também na passada semana.

Quanto à Universidade da Beira Interior, segundo apurámos, o professor Guedes de Carvalho, presidente da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, está nesta altura a estudar a possibilidade de, a curto/médio prazo, criar na Covilhã, a 1ª escola portuguesa de pesca à pluma. 

Recorde-se por último, que o presidente da Federação Internacional de Pesca Desportiva, estará na Covilhã no próximo mês de junho para ver e inspeccionar as actuais infraestruturas locais para a realização do Masters/2017.  

 

 

 

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados