RCB/TuneIn
Sábado, 30 Mai 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
COVILHÃ: PEDU EM FASE FINAL DE NEGOCIAÇÃO
Rádio Cova da Beira
O presidente da câmara da Covilhã espera poder lançar, ainda durante o primeiro semestre desde ano, o concurso para a recuperação do teatro municipal. A obra está integrada no plano estratégico de desenvolvimento urbano que a autarquia está a negociar com a CCDR e que pode representar um investimento financeiro na ordem dos sete milhões e 100 mil euros.
Por Nuno Miguel em 25 de Apr de 2016

Outras da categoria:

A par dessa intervenção surge também a requalificação dos edifícios do antigo liceu e da PSP e Vítor Pereira espera que “apesar dos atrasos do processo continuo a ter a esperança de poder lançar, ainda durante o primeiro semestre deste ano, o concurso para a reabilitação do teatro municipal, futuro centro de inovação cultural, num investimento que vai rondar os quatro milhões de euros. Vamos também avançar com a reabilitação de outros edifícios emblemáticos no centro histórico como o antigo liceu ou a antiga PSP onde se vão sediar infraestruturas dedicadas à área social e à área empresarial”.

 

Na sessão solene comemorativa dos 42 anos do 25 de Abril, o presidente da câmara da Covilhã anunciou ainda a realização de uma semana dedicada à reabilitação urbana “essa semana vai decorrer durante o mês de Junho e onde iremos apresentar, com mais detalhe, os projectos e ideias de reabilitação urbana no centro histórico e onde queremos mobilizar o sector privado para participar neste desafio de dar uma nova vida ao centro da cidade”.

 

Mas para além dos investimentos na cidade, o autarca vai ainda apresentar, em breve, um plano para o desenvolvimento das freguesias “iremos apresentar um conjunto de projectos de valorização territorial, alavancados por investimentos comunitários, e que nos vão permitir realizar um conjunto de intervenções de impacto social e económico nas diversas freguesias do concelho. Falo mais concretamente no projecto da rede de aldeias de montanha e a valorização da Serra da Estrela que é uma das joias da coroa de uma região com uma montanha de oportunidades e de riquezas naturais por explorar”. 

 

Nesta sessão solene, Vítor Pereira mostrou-se ainda muito expectante em relação às conclusões do trabalho que está a ser realizado pela unidade de missão para a valorização do interior e as medidas que podem ser implementadas para beneficiar toda a região “esperamos que possam ser tomadas medidas para apoiar, num curto prazo, os territórios de baixa densidade e desenvolver os dois terços de Portugal que estão a definhar. Ficamos a aguardar pelas medidas de diferenciação positiva para os nossos territórios designadamente a revisão do modelo de portagens nas antigas scut e também o encaminhamento de investimentos internacionais relevantes que aproveitem os recursos naturais e humanos destes territórios e valorizem a sua economia”.

 

O presidente da câmara da Covilhã refere que apesar de a autarquia estar a ser gerida com dívidas extraordinárias contraídas pelos anteriores executivos continua a realizar obra, deixando como exemplo a requalificação da estrada municipal 512 que é inaugurada esta tarde.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados