RCB/TuneIn
Quinta, 19 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
DERRAMA APROVADA NA COVILH?
Oposi??o absteve-se por n?o concordar com valores apresentados pela maioria
Por Nuno Miguel em 20 de Nov de 2007

A proposta apresentada pela maioria no executivo aponta para que todas as empresas que registem um volume de negócios anual igual ou superior a 150 mil euros fiquem isentas do pagamento deste imposto. Ao invés todas as que ultrapassem esse valor vão ter de pagar uma taxa de 1,5 %.

 

Para João Esgalhado, vice presidente da autarquia, com esta proposta “cerca de 70 por cento das empresas sediadas no concelho vão ficar isentas do pagamento deste imposto”. Para o autarca esta medida simboliza “um apoio claro da autarquia á fixação da empresas e criação de novos postos de trabalho no concelho”.

 

Já a bancada da oposição absteve-se porque segundo Vítor Pereira “o PS considera positiva a isenção abaixo dos 150 mil euros” mas não concorda “com a fixação da taxa máxima permitida por lei para todas as empresas que ultrapassem esse valor de facturação anual”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados