RCB/TuneIn
Quinta, 17 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
CMF: PETIÇÃO JÁ REÚNE MAIS DE 500 ASSINATURAS
Rádio Cova da Beira
Perto de cinco centenas de pessoas já subscreveram a petição pública lançada pela câmara do Fundão para a instalação de uma unidade de medicina nuclear no concelho. Os números foram revelados por Paulo Fernandes na última reunião pública do executivo em resposta a uma sugestão apresentada pelo líder da bancada do PS.
Por Nuno Miguel em 31 de Mar de 2016

José António Domingues considera que essa petição também deve merecer o acolhimento de todos os municípios que integram a comunidade intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela. Uma sugestão aceite pelo autarca fundanense que vai agora procurar colocá-la em prática “neste momento já houve cerca de 500 pessoas a subscrever a nossa petição e evidentemente que nós gostaríamos que nos próximos tempos se dinamizasse ainda mais essa subscrição. Sobre a sugestão que aqui foi deixada de ela ser partilhada com os restantes autarcas da CIM, obviamente que é válida. De alguma forma nós já o fomos referindo mas se calhar temos de um ser um pouco mais proactivos; na última reunião da CIM eu referi que ia avançar com esse quadro da petição e tive a solidariedade unânime de todos os colegas mas é verdade que este tipo de petições, que estão on line e tem uma características muito parametrizadas, nos leva a ter de equacionar outros modelos de a poder levar a um maior número de cidadãos”.   

No final desta reunião pública do executivo, Paulo Fernandes mostrou-se ainda convicto de que a alteração do conselho de administração do centro hospitalar da Cova da Beira não vai ser um entrave ao desenvolvimento deste processo “eu não vejo nada essa questão, até repúdio essa possibilidade porque aquilo que está em causa é um equipamento que serve toda a Beira Interior e muito em concreto valoriza o centro hospitalar da Cova da Beira e neste caso em concreto, em que estamos a pugnar por algo tão importante para a região, nem me passa pela cabeça que possa haver qualquer dissidência em relação a este caso”.  

O tema vai estar em cima da mesa numa reunião que Paulo Fernandes vai ter, no próximo dia quatro de Abril, com o secretário de estado da saúde.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados