RCB/TuneIn
Sexta, 22 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
SOLIDARIEDADE PARA COM ESCURINHO
Rádio Cova da Beira
Com o intuito de ajudar financeiramente e logisticamente Escurinho, cerca de uma centena de amigos promoveram no passado fim de semana, num restaurante da Covilhã, um jantar solidário, com destaque para a presença de alguns empresários, autarcas e sócios do Sporting da Covilhã. Foram angariados cerca de mil euros.
Por Miguel Malaca em 24 de Mar de 2016

Esta verba, apurou a RCB, irá ser agora canalizada para custear algumas dívidas do ex-atleta do Sp. Covilhã, ao mesmo tempo que, segundo Carlos Miguel Saraiva, " em termos burocráticos, tudo iremos fazer também a curto prazo, para que o Escurinho consiga legalizar-se no país, para poder trabalhar e viver livremente, e neste caso concreto esperamos que os próximos dois meses sejam determinantes nesse sentido. Quero também, aproveitando a oportunidade, de agradecer a todos aqueles que estiveram no jantar e que têm ajudado nesta iniciativa, como por exemplo, o Dr. Brito Rocha, Dr. Jorge Torrão, Dr. Paulo Ribeiro, Senhor Corono, Dr. Dias Rocha, entre outros. Muito obrigado em nome de todos nós." Finalizou um dos promotores do evento.

Para João Poeta, outro elemento das organização, "o jantar convívio excedeu todas as expectativas da organização, e mais uma vez ficou provado que a população da Covilhã tem memória e é solidária". Disse à RCB.

Também Vitor Fazendeiro, quis agradecer a todos aqueles que estiveram presentes e apoiaram, dizendo que "fiquei muito satisfeito pelo Escurinho, e pelo apoio também demonstrado por todos aqueles que têm ajudado o ex-atleta, desde pessoas anónimas, amigos, sócios do SCC, autarcas e empresários, em particular o Dr. Paulo Ribeiro, esperando que de facto, brevemente Escurinho possa ficar legalizado em Portugal e começar a trabalhar em prol do seu próprio sustento. Bem hajam a todos". Concluiu.

Quanto ao ex- jogador serrano da década de oitenta, agora com 62 anos de idade, Escurinho agradece a todos aqueles que marcaram presença no jantar, afirmando que "fiquei muito sensibilizado e feliz por toda esta solidariedade demonstrada pela pessoas da Covilhã, conheço as pessoas, conheço a cidade, e já na altura em que jogava aqui, todos já demonstravam um carinho especial por mim, daí que, do fundo do meu coração, agradeço toda a ajuda. Muito obrigado. Espero também que ao mesmo tempo que a minha situação em termos burocráticos se resolva o mais rapidamente possível, é isso que eu quero". Referiu o ex- jogador do SCC, à RCB.

A próxima iniciativa de apoio a Escurinho deverá realizar-se em abril, com uma noite de fados. 

 

Foto: "Historia Sp. Covilha" 

  


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados