RCB/TuneIn
Segunda, 17 Jun 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
EPABI ENTREGA DIPLOMAS
Rádio Cova da Beira
O director pedagógico da escola profissional de artes da Covilhã mostra-se muito satisfeito com a elevada percentagem de alunos formados naquele estabelecimento de ensino que posteriormente decidem prosseguir os seus estudos a nível superior.
Por Nuno Miguel em 24 de Mar de 2016

A Epabi entregou os diplomas a 57 alunos que, nos dois últimos anos lectivos, concluíram as suas formações nas áreas de cordas e teclas e sopros e percussão e, de acordo com Pedro Pais, a melhor prova da qualidade do trabalho desenvolvido reside no percurso seguido pelos alunos depois de abandonarem a escola “a grande maioria dos nossos alunos que concluem o nível secundário acabam por ingressar no ensino superior em escolas nacionais e até internacionais; ainda hoje entregámos diplomas a antigos alunos que actualmente estão a prosseguir os seus estudos em escolas da Holanda e da Suíça onde tem de prestar provas com muitos jovens de toda a Europa para lá chegarem e por isso é uma satisfação para nós que eles concluam aqui o seu nível secundário e que depois prossigam os seus estudos pois nós trabalhamos diariamente para os preparar nesse sentido”.

Em declarações à RCB, Pedro Pais refere que a Epabi vai continuar a desenvolver várias actividades com o objectivo de reforçar a captação de novos estudantes “a estabilidade e a continuidade da escola passa muito pela captação de novos alunos, nomeadamente os que ingressam no sétimo ano de escolaridade, uma vez que a este nível faz toda a diferença um aluno ter uma preparação de três ou de seis anos. O curso básico de instrumento existe para dar as bases a um aluno que posteriormente vai chegar ao 10º ano e que quando terminar a sua formação vai estar apto para ingressar em qualquer universidade do país ou do estrangeiro”. 

Romeu Curto é natural da Covilhã, completou a formação na Epabi e está agora a prosseguir a sua formação na universidade de Aveiro. O ex aluno da escola destaca a elevada qualidade ao nível do ensino que deixa os alunos bem preparados para enfrentar novos desafios “apesar de a escola estar aqui num sítio um pouco mais isolado do litoral e da grande maioria dos acontecimentos nós temos aqui uma formação muito rica e vasta não só no aspecto musical mas em todas as disciplinas e que depois nos permite ter um bom nível na universidade. Aqui as turmas são mais pequenas, sente-se uma preocupação muito maior dos professores em relação aos alunos, existe um acompanhamento muito forte e isso dá-nos uma preparação muito boa para podermos enfrentar outros desafios”.

Também natural da Covilhã, Simão Ramos está actualmente a prosseguir os seus estudos no conservatório real de Haia, na Holanda. Guarda boas recordações da sua passagem pela Epabi e refere que isso foi determinante para poder aspirar a outros objectivos “estudar fora do país está a ser uma grande experiência para mim e os três anos que passei aqui na Epabi fizeram-me crescer como músico e como pessoa. É uma boa escola, tem excelentes professores, tem um grande nome e aconselho qualquer aluno que queira estudar música a frequentar esta escola”.   


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados