RCB/TuneIn
Quinta, 17 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
CDS E PSD NEGOCEIAM AUTÁRQUICAS
Rádio Cova da Beira
Na Covilhã, CDS/PP e PSD estão a dialogar sobre as eleições autárquicas de 2017. O cenário dos centristas apoiarem um movimento independente está excluído mas não um entendimento com os sociais-democratas. A revelação foi feita este fim-de-semana no programa RCB “Flagrante Direto” pelo líder da concelhia do Partido Popular da Covilhã
Por Paulo Pinheiro em 23 de Feb de 2016

“Confirmo que temos dialogado em proximidade com o PSD desde as eleições legislativas, em que participámos numa coligação nacional ao Governo de Portugal, e a partir desse momento perspetivou-se a possibilidade dessa mesma coligação à dimensão local e regional. Mas este diálogo só se torna profícuo e positivo se nenhuma das partes estiver à espera de todas as soluções da outra”, disse.

 

Sem menosprezar o trabalho que cada concelhia está a fazer, o diálogo para um futuro compromisso está a ser feito mas desde logo existem princípios que os centristas não prescindem

 

“O CDS tem certas linhas vermelhas das quais não abdica nunca. Um diálogo para um futuro compromisso tem que passar por um lado por aquilo que são as linhas vermelhas de cada força partidária e por outro pela transparência e abertura das conversações. Os erros cometidos em abordagens no passado não voltarão a ser repetidos”, defende.

Os erros cometidos não podem repetir-se assim como os atores que os protagonizaram, defende o líder da concelhia do CDS/PP. Nuno Reis fala por exemplo na situação de Joaquim Matias, que a par de outros vereadores a tempo inteiro e a meio tempo pecam pela passividade na tomada de decisão e na ação. O presidente dos Populares na Covilhã não encontra nenhuma vantagem para o concelho do vereador do Partido Social Democrata assumir o lugar a tempo inteiro, bem pelo contrário afirma:

 

“O ter acrescentado mais um vereador a tempo inteiro (Joaquim Matias) não trouxe nada de positivo bem pelo contrário. Desapareceu o diálogo e o confronto de ideias e de estratégia para o município. Desafio alguém a pegar no caderno de compromissos que o PSD apresentou ao eleitores e a ver quais são os ideais que estavam ali defendidas e os que estão ser defendidos pelo vereador do PSD na câmara municipal da Covilhã”

Nuno Reis deixa críticas à atual gestão que acusa de ser responsável pela “perda de esperança no futuro do concelho”.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados