RCB/TuneIn
Segunda, 16 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
CAMPEONATO DISTRITAL AFCB - 7? JORNADA
A s?tima jornada do campeonato distrital de futebol, n?o provocou qualquer tipo de surpresas. As equipas tidas por mais fortes impuseram-se e, por via disso pouca coisa se alterou na classifica??o geral.
Por José Joaquim Ribeiro em 18 de Nov de 2007

O jogo mais emocionante era disputado no campo do Ventoso no Estreito, naquele que é um dos grandes derbys regionais, neste caso concreto, era mais um derby local. Frente a frente estiveram as duas equipas do concelho de Oleiros, O Águias do Moradal e o Associação Desportiva de Oleiros. Foi um jogo intenso, de principio a fim. Começou o Oleiros por ganhar vantagem no marcador, com um golo apontado por João Paulo, logo aos cinco minutos da partida. O Águias respondeu muito bem a esta adversidade, conseguindo uma grande penalidade a seu favor, aos 11', que Paulo Rato desperdiçou. Ao falhar a possibilidade de empatar a partida os comandados de António Belo tiveram um período menos bem jogado, contudo eram a equipa que tinha mais acções ofensivas e aquela que mais próxima esteve de conseguir igualar a contenda. O porfiar dos jogadores do Águias acabou por dar resultado. Aos 36´, Valadas deu o melhor seguimento a mais um lance ofensivo da sua equipa, conseguindo dessa feita obter o empate. Foi com este resultado que se chegou ao intervalo.

Na segunda parte manteve-se a mesma emoção e a mesma tendência de jogo. Não foi por isso surpresa que a reviravolta no resultado acontecesse. Estavam decorridos 57' e Rui Reis colocou a equipa do Estreito em vantagem no marcador.

Com este golo era natural que a reacção do Oleiros se fizesse sentir e essa reacção teve frutos aos 77', quando João Paulo converteu em golo uma grande penalidade que Rui Reis cometeu sobre um jogador de Oleiros. Com 13 minutos para se jogarem voltavam as equipas a ficar empatadas.

Num pressing intenso a equipa da casa conseguiu, já para além dos noventa minutos regulamentares, chegar ao tento da vitória, por intermédio de Zé Tó. Foi o deliro de todos os que são afectos ao clube do Estreito. Foi também uma vitória muito preciosa da equipa que luta por lugares cimeiros da tabela classificativa.

O Fundão recebeu no Municipal o último classificado, Teixosense. Esperava-se, por isso, que a tarefa dos comandados de Sérgio Salgueiro não tivesse sido tão complicada como o resultado não demonstra. Os fundanenses venceram por 4-1, mas é um resultado enganador. A Desportiva rubricou uma exibição fraca e nada condizente com os jogadores que fazer parte do plantel. Foi de tal modo má a exibição da equipa, na segunda parte, que o técnico Sérgio Salgueiro considerou que nesse período mais pareceu um filme de terror. Os cinco golos da partida foram apontados por Cristiano, , Rui Paulo, que assinou o segundo e o terceiro, Ferraz, que reduziu para 3-1 e Ricardo Morais, já sobre o final da partida a dar volume a um resultado, que acabou por ser demasiado pesado para o Teixosense.

Na Atalaia, no campo do outro líder, a equipa da casa brindou a Lardosa com cinco golos sem resposta. Também neste caso foi melhor a primeira parte que a segunda. No primeiro tempo a equipa da Atalaia conseguiu marcar por quatro vezes, por intermédio de Hugo Brito, que converteu em golo uma grande penalidade, Filipe Mouro, Edmilson e Bruno Correia. Foi sobre os 90 minutos que surgiu o quinto da tarde, apontado por Tó João.

Em Proença a equipa da casa não teve argumentos para se impor a uma forte equipa de Alcains, que desta vez não brincou em serviço. A formação comandada por Nuno Fonseca adiantou-se no marcador, por Bruno Vieira e, poucos minutos depois Manoel fez o 2-0. Foi uma entrada de rompante. Ao quatro de hora já vencia por duas bolas de diferença. Essa diferença acabou por se acentuar ainda mais, aos 34', quando Manoel bisou na partida. Com este resultado de 3-0 se chegou ao intervalo. Na segunda parte ainda se marcaram mais dois golos, um para cada uma das equipas. Horácio fez o 4-0 Esteves ? fez o 4-1 final.

Em Cernache do Bom Jardim o Vitória local começou o jogo praticamente a vencer. Logo no primeiro minuto Nuno Alves marcou, para desespero da equipa de Pedrogão de S.Pedro. Com esta vantagem o Sernache passou a controlar o jogo e o Pedrogão a tentar surpreender o seu adversário. Na segunda parte, aos 70' foi fixado o resultado da partida, com um golo de Miguel Farinha.

Na Póvoa de Rio de Moinhos a equipa da casa e Valverde não proporcionaram um grande espectáculo de futebol. Foi mesmo um jogo maçudo, sem grande oportunidades de golo. A vitória sorriu à equipa de Valverde, com um golo muito bonito apontado por Lázaro, aos 74'.

Em Escalos de Cima a equipa da casa ainda esteve em vantagem no marcador, com um golo apontado por Chico, aos 23', mas acabou por consentir a igualdade, na segunda parte, num tento assinado por Topa.

Com estes resultados pouca coisa se alterou na classificação geral. A alteração mais significativa acontece por motivo da vitória do Águias do Moradal sobre o Oleiros. Esta vitória originou a troca de posições entre estes dois clubes, na classificação geral. Na frente mantém-se os dois clubes do concelho do Fundão, Desportiva e Atalaia do Campo, seguidos da outra equipa do mesmo concelho, o Valverde.

Na próxima jornada joga-se em Alcains um grande jogo. O líder joga com o CDA, enquanto que em Valverde se vão defrontar o segundo e terceiro da geral.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados