RCB/TuneIn
Segunda, 18 Out 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ASESTRELA CANCELADO
Rádio Cova da Beira
A associa√ß√£o de amigos da Serra da Estrela decidiu cancelar a organiza√ß√£o do acampamento que desde 1983 era promovido na √°rea do Cov√£o d¬īAmetade.
Por Nuno Miguel em 29 de Jan de 2016

A iniciativa sempre decorreu durante o período de carnaval, juntando várias centenas de amantes do montanhismo e dos desportos de inverno mas este ano a organização entendeu que não há condições para realizar o acampamento em virtude de vários entraves colocados, como refere o presidente da direcção “nós não compreendemos esta situação porque lançámos, por várias vezes, o repto ao parque para nos dizer quais eram os problemas de conservação que esta actividade estaria a causar e nunca tivemos qualquer resposta. Se nós estamos aqui para defender a serra não faria nenhum sentido promover uma actividade que colocasse isso em causa. Nós sempre deixámos o espaço limpo ao contrário do que sucede com os merendeiros no verão e achamos que há aqui um contra senso uma vez que é proibida esta actividade organizada e permitem que acorram ali milhares de pessoas no verão com um comportamento perfeitamente desorganizado”.  

Por isso, afirma José Maria Saraiva, o cancelamento da iniciativa era o único caminho a seguir “chegámos à conclusão que era hora de dizer basta e as entidades que tutelam o turismo na região assim como o poder local é que devem reunir para definir o que querem fazer. Nós também o vamos fazer mas só depois de estar concluído o nosso processo eleitoral e a futura direcção deve debruçar-se sobre isso mas entretanto também estamos à espera que muita coisa mude no instituto de conservação da natureza e das florestas”.

A associação ainda colocou em cima da mesa a possibilidade de o evento se realizar num outro ponto da Serra da Estrela, mas em todos os palcos possíveis foi colocado o mesmo obstáculo. Para além disso a zona do Covão d´Ametade é a que oferece as melhores condições “o plano de ordenamento do parque define pelo menos três áreas como locais de recreio que são o covão d´ametade, o vale do rossim e o covão da ponte e nós, para este tipo de actividade, o local é o ideal até pela simbologia que já tem e nós pensamos que ao longo destes 32 anos conseguimos angariar muitas pessoas para a causa da preservação da serra e por isso o parque devia ver em nós um aliado”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados