RCB/TuneIn
Quarta, 20 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
10 MILHÕES PARA O MUNDO RURAL
Rádio Cova da Beira
Rude e Aderes assinaram contratos no valor global próximo dos 10 milhões de euros para desenvolver o mundo rural até 2020. A sessão de assinatura dos contratos com os grupos de acção local de todo o país decorreu esta semana, em Ponte de Sor, mas só lá para a Primavera é que deverá ser aberto o primeiro aviso de candidaturas.
Por Paula Brito em 28 de Jan de 2016

Um atraso lamentado pelo presidente da Rude “é evidente que nunca houve em Portugal o arranque de quadros comunitários logo no início, mas neste caso creio que será aquele que vai arrancar mais atrasado, já está decorrido 2014, 2015 e estamos em 2016 ainda a assinar contratos e ainda não estão cumpridas todas as condições, num país que precisa de tanto investimento é lamentável”. Segundo Carlos Pinto a Rude vai gerir “entre 4 a 5 milhões de euros”, uma redução de cerca de 40% em relação ao quadro anterior. Outra redução a registar no novo programa é o tecto máximo de cada candidatura “o montante de cada projecto que passou de 300 mil para 200 mil o que é penalizador, na medida em que não permite projectos, nomeadamente em turismo rural, que pudessem ter outra amplitude”.

A Aderes congratula-se com o empenho demonstrado pelo governo no arranque deste programa “que pela primeira vez contou com a presença do Primeiro-ministro”, José Armando Serra dos Reis lamenta, no entanto, a ausência de verbas em medidas que nos últimos quadros muito contribuíram para a dinamização do território “não contempla acções fundamentais para o mundo rural, com muito poucas verbas para as IPSS, associativismo e mesmo para o restauro do património”. Outra das preocupações do presidente da direcção da Aderes é com a abolição do programa de animação do território “preocupa-nos uma vez que muitos eventos, feiras, iniciativas de desenvolvimento local de promoção da cultura e do património tinham muitas vezes o apoio do GAL e neste momento essas verbas estão reduzidas a zero”. Também a Aderes poderá chegar aos 5 milhões de euros de dotação financeira para gerir no seu território o agora denominado programa de Desenvolvimento Local de Base Comunitária.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados