RCB/TuneIn
Sábado, 17 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
“ZÉTHOVEN – PLANTE UM MÚSICO”
Rádio Cova da Beira
É este o nome do projecto que está a ser dinamizado há três anos pela associação cultural da Beira Interior e que agora vai ser financiado até 2010 pela fundação “Calouste Gulbenkian” com o contributo de vários parceiros.
Por Nuno Miguel em 16 de Jan de 2016

A iniciativa e tem como grande objectivo proporcionar um contacto com o mundo das artes a cerca de 120 crianças do 5º e 6º ano de escolaridade das escolas do Teixoso, Tortosendo e São Domingos, da Covilhã, e dos agrupamentos de escolas Serra da Gardunha, do Fundão, e do Sabugal, abrangendo um total de 43 freguesias. Ao longo do projecto, os jovens tem um primeiro contacto com o mundo da música, realizam espectáculos em localidades mais afastadas dos grandes centros e que abre portas a poderem, no futuro, prosseguir os seus estudos na área da música, como refere o presidente da direcção da ACBI “o mais difícil não é arranjar músicos mas sim convencer os pais de que os seus filhos podem ser músicos. Muitas vezes quando os alunos vão para o sétimo ano nós não os conseguimos convencer e ir ao décimo ano já é um bocadinho tarde e a nossa ideia passa por começar a prepará-los, os miúdos começam também a ter um maior poder de argumentação junto dos pais e quando chegam ao décimo ano não estiveram parados todo aquele tempo e podem prosseguir então os seus estudos na área da música numa escola profissional”  

 

Luís Cipriano acrescenta que todas as crianças vão ser seleccionadas pelas suas capacidades musicais, mas também de acordo com o seu aproveitamento escolar. No entanto vão ser seguidos outros critérios por forma a abranger um maior número de crianças carenciadas “as crianças que são escolhidas para este projecto são as que tem mais capacidades musicais; é feito um teste e todos os miúdos são ouvidos das escolas que trabalham com este projecto. A partir dai, uma vez que o número de crianças é superior ao número de vagas, o critério de desempate utilizado é o dos escalões do IRS e também um novo conceito que nós criamos que é o das crianças carenciadas culturalmente que vivem, por exemplo, em localidades onde a oferta cultural não existe”.  

 

O projecto começou a ser dinamizado há três anos atrás, no agrupamento de escolas Serra da Gardunha, e tem vindo a alargar a sua área de influência aos concelhos da Covilhã e do Sabugal, tenho já encaminhado dois alunos para prosseguirem os seus estudos na área da música na escola profissional de artes da Covilhã. Pedro Pais, director daquele estabelecimento de ensino, destaca que esse factor é uma das mais valias deste projecto “neste contexto de interioridade e de falta de massa crítica em que faltam muitos recursos, sobretudo na área da cultura, é uma oportunidade única para os jovens poderem ter acesso à música existindo aqui uma perspectiva longitudinal de acompanhar um percurso de vida formativo e profissional destes jovens. A associação não se centrou apenas no seu âmbito de intervenção e associou a EPABI e os alunos que tiverem esta aptidão para a música podem ser encaminhados para a nossa escola onde podem ter uma formação gratuita para poderem ser músicos”.

 

Também o presidente da câmara municipal da Covilhã entende que este projecto pode proporcionar aos alunos outro tipo de conhecimentos para além de poderem melhorar o seu aproveitamento escolar. Vítor Pereira acredita que esta iniciativa “é uma forma de descobrir talentos; todos nós reconhecemos ao presidente da ACBI a capacidade para os identificar dentro desse condicionalismo que são as crianças carenciadas do ponto de vista cultural. Ao mesmo tempo também permite combater o insucesso escolar uma vez que só os alunos que tenham bom aproveitamento podem integrar este projecto”.

 

O projecto tem uma dotação global de 142 mil euros, 60 por cento dos quais assegurados pela “Gulbenkian” e as actividades vão iniciar-se nas próximas semanas uma vez que o processo de selecção dos alunos já se encontra na sua fase final.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados