RCB/TuneIn
Sexta, 16 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SEDE FICA NO FUNDÃO
Rádio Cova da Beira
O Fundão vai acolher a sede da iniciativa para a economia cívica. A decisão já foi tomada pela liderança deste consórcio, que abrange 180 entidades sediadas entre Bragança e Campo Maior, e que tem como principal objectivo criar respostas inovadoras para problemas sociais e económicos que venham a ser identificados nas regiões do interior.
Por Nuno Miguel em 29 de Dec de 2015

Em declarações à RCB o presidente da câmara do Fundão refere que a sede desta iniciativa vai ficar localizada na incubadora da antiga praça, cabendo ao presidente da câmara de Idanha assumir a presidência deste novo organismo “inicialmente pediram-me para eu também assumir a presidência dessa rede mas eu achei que tendo já tantas questões neste momento em mãos isso deveria ser uma responsabilidade a assumir por outro colega, que neste caso vai ser o presidente da câmara de Idanha, mas como fomos um dos fundadores iniciais deste processo o consórcio decidiu, por unanimidade, que a sede ficasse no Fundão e vai ficar no quadro da incubadora da antiga praça e estamos neste momento a elaborar os planos de acção e os projectos para candidatar a fundos comunitários que possam apoiar o desenvolvimento da economia social no nosso concelho”.

Paulo Fernandes acredita que em 2016 este consórcio já vai poder recorrer a fundos comunitários com o objectivo de encontrar respostas locais a problemas que preocupam todas as regiões do interior, como o desemprego, o envelhecimento da população e a desertificação “tivemos um tempo de construção do conceito, da rede, da relação com as comunidades locais que foi um trabalho longo mas que agora está no ponto de avançar para as lógicas de acção. As candidaturas estarão disponíveis nos primeiros meses do ano e nós vamos apresentar projectos para apoiar as micro empresas, os empreendedores sociais que queiram avançar neste processo e também projectos específicos para apoiar a coesão social e a luta contra o desemprego e a desertificação que são linhas muito importantes em que a inovação social nos pode ajudar”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados