RCB/TuneIn
Segunda, 13 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PONTO RETIRADO
Rádio Cova da Beira
A c√Ęmara municipal da Covilh√£ vai procurar negociar com a ¬ďCovibus¬Ē uma nova proposta tendo em vista a actualiza√ß√£o dos tarif√°rios da rede p√ļblica de transportes a partir do in√≠cio de 2016.
Por Nuno Miguel em 23 de Dec de 2015

O tema esteve em cima da mesa na última reunião pública do executivo mas a proposta da empresa, que aponta para um aumento de 3,2 por cento mereceu críticas de todas as bancadas. Para José Pinto, eleito da CDU, trata-se de uma opção incompreensível “quando os combustíveis estão mais baixos, quando os trabalhadores tiveram de fazer greve por um aumento salarial e ficarem equiparados ao que a mesma empresa paga noutras zonas do país vir aqui propor-se este aumento de tarifários é algo que eu não entendo; pelo que eu saiba ninguém no concelho vai ter aumentos desta natureza e são os trabalhadores que mais utiliza os transportes públicos. Eu nunca poderei votar a favor de uma proposta destas”.

Também o vereador do PSD se mostra preocupado com o aumento proposto. Joaquim Matias refere que “é sobejamente conhecido ao longo dos anos que levo como vereador na câmara municipal que sempre me batei contra aumento dos tarifários, ainda por cima um valor superior a três por cento. Eu acho que, como fizemos o passado, temos de dialogar com a empresa no sentido de encontrar uma solução no sentido de poder reduzir esse custo para os munícipes”.

Na resposta o presidente da autarquia refere que esta proposta de aumento já resulta de uma negociação com a “Covibus”, decorrente do contrato de concessão. Ainda assim Vítor Pereira retirou o ponto da ordem de trabalho e quer abordar novamente o assunto com os responsáveis da empresa “vou tentar estabelecer esse contacto, na certeza de que nós temos de cumprir o contrato de concessão que foi assinado. Já houve uma primeira manifestação de boa vontade da empresa na apresentação desta proposta e nós iremos ainda efectuar mais diligências para ver se conseguimos que essa actualização não atinja os valores que aqui são propostos”.

O tema vai assim ser novamente analisado na reunião extraordinária do executivo que está agendada para o próximo dia 28.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados