RCB/TuneIn
Domingo, 08 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
CONCERTO AMDF: "MAIS UM MOMENTO DE EXCELÊNCIA"
Rádio Cova da Beira
A Igreja Matriz do Fundão, mais uma vez, foi pequena para acolher todos os que quiseram presenciar o terceiro e último concerto de Natal, promovido pela Academia de Música e Dança do Fundão (ADMF). Este ano, a novidade passou pelas estreias da peça Pastroalmesse, de Karl Kempter, e do coro e orquestra de câmara da academia fundanense.
Por Paulo Pinheiro em 23 de Dec de 2015

"Nota-se uma progressão qualitativa da AMDF" testemunharam alunos, professores e público. Para o provedor da SCMF, a qualidade alcançada "é o resultado do trabalho e do muito empenhamento de alunos e professores que vestem a camisola desta academia, que é reconhecida não só a nível regional , mas também nacional e internacionalmente", afirma Jorge Gaspar.

Cada concerto é uma marca do trabalho da ADMF, refere o director da escola que não esconde que o objetivo é "chegar a patamares de excelência". O programa dos concertos vão de encontro às capacidades reais que os alunos têm, o deste ano não fugiu á regra

" Estavam aqui professores do ensino superior que nos vieram dar os parabéns porque não é normal encontrar numa escola básica e secundária uma qualidade de programa e de execução feita com muita seriedade e trabalho e com o resultado que se viu", sustenta João Correia. 

A estreia do tenor José Tavares mereceu o aplauso de todos, que deu testemunho do trabalho efetuado: "Sempre tivemos todos os apoios necessários para efetuar a obra, sempre seguro, o maestro dirigiu muito bem a orquestra. Foi difícil e senti muita responsabilidade" conclui.

Destaque também para a soprano Maria Mendes, em Pastoralmesse, que atesta o sucesso da esteria da missa

"Acho que toda a missa correu muito bem, tanto para os solistas como para a orquestra e coro. Temos vinte minutos para dar tudo o que temo e o que não temos e há sempre sensações novas que podemos melhorar", disse

Outra interpretação muito aplaudida foi a da Mezzo soprano Margarida Geraldes que interpretou a peça portuguesa "A Cegonha", de Carlos Paião

"Passa uma mensagem especial, através da letra e do seu acompanhamento. Gostei muito quando me deram esta peça, embora não seja fácil correu muito bem", refere.

Entre os espetadores estavam ex alunos da AMDF. Para Lucas Rodrigues, atualmente a estudar no Porto, o concerto insere-se nos padrões de qualidade que a academia tem

"O objetivo desta academia sempre foi  evoluir todos os anos e se já estava bom este ano tinha que ser melhor. Foi isso que aconteceu". 

Para Luís Rodrigues, professor de canto, barítono no São Carlos, "há um crescendo na qualidade que a academia apresenta". 

Para além deste concerto, a academia realizou um com as classes mais jovens e outro no pólo em Penamacor, sempre com grande adesão de público. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados