RCB/TuneIn
Quinta, 01 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÔŅĹTICA
A23 DEVE SER PRIORIT√ĀRIA
Rádio Cova da Beira
O secret√°rio-geral da Juventude Socialista assume o compromisso "da defesa, valoriza√ß√£o e capacita√ß√£o do Interior" e defende que a autoestrada do pa√≠s que mais rapidamente merece ser estudada quanto √† aplica√ß√£o de eventuais discrimina√ß√Ķes positivas √© a A23, pelo papel que desempenha de liga√ß√£o de cidades de m√©dia dimens√£o.
Por Paulo Pinheiro em 23 de Dec de 2015

Declarações de João Torres na sessão de encerramento do congresso distrital da JS de Castelo Branco, que elegeu João Marques para a presidência da Federação distrital da Juventude Socialista.

Para o secretário-geral da JS e deputado na Assembleia da República, a defesa, valorização e capacitação do Interior “é um compromisso que a JS assume porque, desde logo, não podem haver cidadãos de primeira e de segunda O Interior não pode ser o parente pobre de todo o território”, disse.

Nesta equação, o distrito de Castelo Branco ocupa um papel fundamental que tem que ser preservado, sustenta aquele responsável, que defendeu que a A23  “ é a auto estrada do país que mais rapidamente merece ser estudada quanto à aplicação de eventuais discriminações positivas pelo papel que desempenha de ligação de cidades de média dimensão. Para esse combate a JS dirá presente na AR por critérios de justiça e igualdade”, afirma João Torres.

Um assunto já antes abordado pela presidente da Federação Distrital de Castelo do PS. Hortense Martins reafirma aquilo que defendeu em campanha eleitoral, ou seja, a necessidade de analisar o assunto e discriminar positivamente a região. Questionada sobre a abolição de portagens defendida por outros partidos, Hortense Martins refere

“Pessoalmente sempre entendi que esta autoestrada é uma via com características especiais, mas temos que equacionar os compromissos que estão assumidos pelo Estado nestas condições. Bater-me-ei para que os fatores de entreve ao nosso desenvolvimento deixem de existir”, garante.

Para João Martinho Marques, o novo líder da Federação Distrital de Castelo Branco da JS, estão criadas as condições única, não para abolir as portagens, para existir uma discriminação positiva em relação à A23.

O presidente dos jovens socialistas enunciou como prioridades do seu mandato a revitalização da estrutura federativa, formação política e o combate ao desemprego e fixação dos jovens no distrito.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados