RCB/TuneIn
Quinta, 02 Abr 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
IDANHA: ORÇAMENTO APROVADO
Rádio Cova da Beira
A assembleia municipal de Idanha-a-Nova a aprovou por maioria as grandes opções do plano para o próximo ano em que o orçamento vai rondar os 18 milhões de euros, representando um acréscimo de dez por cento em relação a 2015. Os documentos foram votados na última reunião do órgão, tendo as bancadas da oposição optado pela abstenção.
Por Nuno Miguel em 22 de Dec de 2015

Para António Gil, eleito da CDU “em algumas formulações até se constata uma certa dissonância entre o que é defendido e algumas actividades e propostas orçamentais apresentadas. Noutros casos parece que existe uma dupla personalidade política entre a gestão que o PS tem conduzido na autarquia, com opções que se vieram a revelar penalizadoras para o concelho, surgindo agora a defesa de novos rumos que antes alienaram ou pouco cuidaram”. 

Já a bancada do PSD destaca o aumento dos números globais do orçamento em relação a 2015. Susana Martins refere que “no ano passado e em anos anteriores viemo-nos queixar que havia uma redução por causa do governo, esquecendo-se de dizer que ele teve de assumir demasiadas obrigações impostas pela troika por força da acção de um governo anterior. Ainda bem que o governo cessante fez um bom trabalho e portanto isto resulta dessa acção e não podemos dizer que o aumento foi já proporcionado pelo actual governo uma vez que o orçamento de estado ainda não foi apresentado”.

Na resposta o presidente da autarquia idanhense refere que este orçamento evidencia alguma cautela, uma vez que ainda não estão incluídos na dotação de investimento alguns programas que vão ser candidatados ao novo quadro comunitário de apoio. Armindo Jacinto sustenta que “a nossa estratégia vai continuar assente nas áreas da economia e do social; também foi ai que conseguimos um conjunto de programas junto dos fundos comunitários para que consigamos criar condições de qualidade de vida para os nossos munícipes. Naturalmente que ao nível de obras vamos ter especial atenção às questões da manutenção, nomeadamente das acessibilidades e da rede de água, mas a grande obra será mesmo nas pessoas e na economia e continuando sempre a reivindicar que o estado social esteja presente em Idanha e por isso queremos voltar a ter algumas coisas que perdemos num passado recente”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados