RCB/TuneIn
Quinta, 24 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
IDANHA-A-NOVA: CIDADE DA MÚSICA DA UNESCO
Rádio Cova da Beira
Idanha-a-Nova foi oficialmente aceite no grupo de Cidades da Música da UNESCO, no âmbito da rede de Cidades Criativas. O anúncio foi feito esta sexta-feira em Paris.
Por Paulo Pinheiro em 11 de Dec de 2015

A Câmara de Idanha-a-Nova preparou durante um ano e meio a candidatura, que teve o envolvimento de diversos intervenientes nacionais e internacionais.

 

Entre as entidades que apoiam esta candidatura encontra-se o Governo português, a Associação Portuguesa de Educação Musical, o Sindicato dos Músicos, dos Profissionais do Espetáculo e do Audiovisual, a Comissão Portuguesa da UNESCO e várias cidades que já têm o título de Cidade da Música, com destaque para Mannheim, Bolonha, Sevilha e Hamamatsu.

 

O objetivo desta rede de cidades é promover o desenvolvimento social, económico e cultural destas comunidades, tendo por base as indústrias criativas.

 

O Fora do Lugar - Festival Internacional de Músicas Antigas, o Boom Festival, e o Festival Salva a Terra, são alguns dos eventos dedicados à música, que se realizam no concelho.

 

O adufe, o maior representante da riqueza e da tradição musical de Idanha-a-Nova, inspirou o símbolo desta candidatura portuguesa a Cidade da Música da UNESCO.

 

O presidente da câmara municipal, Armindo Jacinto, disse à agência Lusa, que a classificação da vila como "Cidade da Música da Unesco vai trazer "muito desenvolvimento" para o concelho. O autarca defende que o investimento que tem sido feito ao nível do setor cultural naquele concelho "é também uma aposta na economia e desenvolvimento"


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados