RCB/TuneIn
Segunda, 13 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
TARDE DESPORTIVA 06NOV.
Rádio Cova da Beira
O Sporting da Covilh√£ regressou √†s vit√≥rias com o triunfo, por 2-1, sobre o Varzim, para a Segunda Liga. Uma vit√≥ria que os serranos, pelo que fizeram,foram justos vencedores. No Campeonato de Portugal o Benfica teve que sofrer para vencer o Sertanense e o √Āguias do Moradal derrotou o Sernache, de forma justa.
Por José Joaquim Ribeiro em 06 de Dec de 2015

Segunda Liga - 19ª jornada

 

Sp. Covilhã 2-1 Varzim

 

10' 1-0 Davidson. Grande penalidade cometida por Agra, que jogou a bola com mão. Davidson na marca dos 11 metros não falhou.

 

33' 2-0 Edgar. Cruzamento de Xeka com a conta peso e medida, para o central covilhanense subir e marcar o segundo.

 

60' 2-1 Vítor Hugo

 

Vitória sem contestação da melhor equipa durante a grande maioria do tempo de jogo. O Varzim soube aproveitar algum adormecimento dos serranos, depois de terem feito o 2-0, mas após o golo dos poveiros a equipa voltou a impor-se, não deixando que o adversário criasse qualquer situação de poder ser surpreendida.

 

Com este triunfo os serranos subiram à 15ª posição. 4ª feira realiza-se a 20ª jornada deste campeonato e o Sporting da Covilhã vai até Olhão para defrontar o Olhanense, uma deslocação extremamente difícil mas que os leões da serra podem ultrapassar com sucesso. Oxalá. 

 

 

Campeonato de Portugal - série F - 12ª jornada

 

 

Benfica C. Branco 1-0 Sertanense

 

Aos 19' o Sertanense beneficiou de uma grande penalidade, por corte com o braço de Dani Matos, mas Kelvim permitiu que Gustavo, o guardião encarnado, defendesse o remate e a recarga.

 

27' 1-0 Fábio Fortes. Fífia da defensiva do Sertanense aproveitada pelo avançado do Benfica.

 

Aos 60' o Benfica ficou reduzido a 10 unidades por expulsão de Fábio Pereira por duplo cartão amarelo.

 

O Benfica e Castelo Branco foi dominador durante toda a primeira parte, período no qual construiu o resultado e que o poderia ter ampliado, não fora a falta de eficácia na hora de finalizar, pese o facto de ter pertencido ao Sertanense a primeira grande ocasião para marcar, na conversão de uma grande penalidade, que Kelvim desperdiçou aos 19 minutos. Se a primeira parte foi inteiramente dominada pelo Benfica a segunda parte, mormente após a exclusão, por duplo amarelo de Fábio Pereira, aos 60 minutos, foi completamente dominada pelo Sertanense, que chegou a sufocar o Benfica com um caudal ofensivo muito intenso na procura do golo do empate. Pelo que as duas equipas fizeram ao longo dos 90 minutos, provavelmente a divisão de pontos era capaz de estar mais de acordo com o que se passou, mas os encarnados, que não fizeram uma grande exibição, conseguiram tapar os caminhos da sua baliza e conseguiram evitar o golo dos comandados de Gaminha, havendo, aqui,  também, algum mérito dos encarnados que souberam sofrer quando lhe foi pedido esse sacrificio.

 

O Benfica tem tarefa complicada na próxima jornada, na deslocação a Alcanena, mas pelos objectivos da equipa, que voltaram a entrar na luta pelos lugares de acesso à segunda fase, têm obrigação de trazer de lá os três pontos.

 

O Sertanense joga em casa defrontando a formação do Estreito, o Águias do Moradal. 

 

 

Águias Moradal 4-2 V. Sernache 

 

21' 1-0 Dani Esteves

 

40' 1-1 Pedro Barros

 

47' 2-1 Custódio.

 

58' 3-1 Armando Freitas

 

66' 3-2 Pedro Barros

 

90' 4-2 Custódio

 

O Águias regressou às vitórias e logo por números confortáveis, pena que o adversário tenha sido outras das equipas do distrito neste campeonato. O jogo foi mais equilibrado do que o resultado deixa transparecer, mas a eficácia que tem faltado em outras ocasiões hoje esteve presente para bem das gentes do Estreito, que merecem estas vitórias pelo apoio que sempre dão à equipa. A Formação do Vitória terá que recuperar deste desaire, já no próximo fim de semana quando receberem, no Nuno Álvares, a formação da Naval. O Águias do Moradal vai jogar na Sertã, uma deslocação curta mas de grau de dificuldade muito elevada.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados