RCB/TuneIn
Sexta, 20 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
TÉNIS DE MESA: BOIDOBRA INICIA ÉPOCA
Rádio Cova da Beira
O CCD Estrela do Zêzere da Boidobra (Covilhã), iniciou a época 2015-2016, apresentando à RCB, no passado dia 6, a Escola de Ténis de Mesa, constituída este ano por 15 mesa-tenistas, com a equipa sénior (5 atletas) a defender o título de campeão distrital de pares, conquistado na temporada passada em Viseu, e cujo campeonato começa este fim de semana.
Por Miguel Malaca em 10 de Nov de 2015

A equipa sénior, constituída por Mário Madeira, Helder Albuquerque, Luís Madaleno, Paulo Cardona, e José Amaral, treina duas vezes por semana, tendo em vista a participação no próximo campeonato distrital de Viseu, e que terá também a presença do CD Alcains.

Entretanto, o jogo da 1ª jornada (dia 15 de novembro), foi adiado para 19 de dezembro com o AV Lamego, devido a questões profissionais de alguns jogadores do clube.

Começando por aqui, Mário Madeira refere à RCB que " iniciámos a segunda época de ténis de mesa na Boidobra, e com os mesmos problemas e objectivos da época anterior, isto é, praticamente somos uma secção autónoma, viajamos a custas próprias, praticamente ninguém nos apoia, nem Câmara Municipal da Covilhã (promessa por cumprir), e quanto à Junta de Freguesia, vai ajudando no que pode, e relativamente à direcção do clube, ajuda dentro do que pode, tal como a Inatel. Desde já muito obrigado pelo apoio. No que diz respeito à competição, queremos tentar revalidar o título de campeão distrital de Viseu, apesar de ser muito difícil, e dar competição também aos jovens da nossa escola, com a realização de vários torneios, para além de mantermos a porta aberta a todos aqueles que queiram continuar a praticar a modalidade. O ténis de mesa na Covilhã, não pode acabar." Conclui o monitor/coordenador da Escola.

Quanto a João Rodrigues, começou por dizer à RCB que " apesar das dificuldades financeiras porque que passamos, o CCD Estrela do Zêzere da Boidobra, irá competir no campeonato distrital de pares seniores em Viseu, onde as deslocações serão na sua grande maioria pagas pelos atletas. Nós iremos ajudar dentro do possível nos custos." Disse.

O presidente da direcção lamenta ainda que " aquando da inauguração da escola no ano passado, e que contou com as presenças do vereador do desporto da CMC, Jorge Torrão, Margarida Pereira, directora da Fundação Inatel da Covilhã, e do presidente da Junta de Freguesia da Boidobra, Marco Gabriel, de que haveria apoio financeiro e logístico a curto prazo, no apoio deste projecto, tendo em vista o desenvolvimento da modalidade no clube e no concelho, nada disto tenha acontecido até agora, com excepção da Inatel, que nos cedeu equipamento para podermos jogar. Agradeço por isso. Volto a apelar às entidades oficiais para nos dar apoio efectivo". Afirma o dirigente.

No que diz respeito à Escola de Ténis de Mesa, o líder do Estrela do Zêzere da Boidobra, afirma que " nesta altura está a funcionar bem, com 10 jovens atletas assíduos, com idades compreendidas entre os 6 e os 15 anos, entre outros mesa-tenistas que frequentam os treinos menos vezes, e tem sido muito gratificante vê-los treinar, e dentro em breve gostaria também de vê-los  em competição, através da presença em torneios na região. Apelo ainda aos sócios e amantes da modalidade para acompanhar os jogos em casa da equipa sénior, e se assim entenderem também praticar ténis de mesa. Esta modalidade e este projecto é para todos." Conclui João Rodrigues. 

O CCD Estrela do Zêzere da Boidobra (Covilhã), vai, entretanto, a votos no final deste mês.

João Rodrigues, apurou a RCB, deverá recandidatar-se a mais um mandato de dois anos. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados