RCB/TuneIn
Quarta, 11 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
UBI: DUPLICAM BOLSAS + SUPERIOR
Rádio Cova da Beira
As 78 bolsas +Superior inicialmente previstas para estudantes da UBI afinal vão ser 181. Este aumento deve-se ao facto de as restantes Instituições de Ensino Superior situadas no Interior Centro não terem recebido candidatos suficientes para as 78 bolsas que lhe estavam igualmente atribuídas, revertendo as sobras para os alunos colocados na UBI, única instituição em que o número de candidatos ultrapassou o número de bolsas disponíveis.
Por Paulo Pinheiro em 31 de Oct de 2015

Para a obtenção destas bolsas, o candidato tinha necessariamente de ter sido colocado pela primeira vez através do concurso nacional do ensino superior este ano e ser oriundo de uma região de alta densidade populacional. As bolsas atribuídas pela DGES têm um valor de 1500 euros e são renováveis até ao final dos estudos desde que o aluno obtenha aprovação.

 

Estes bolseiros juntam-se aos 130 alunos que receberam em 2014/15, ano em que o programa começou. A subida do número de candidatos é motivo de satisfação para a UBI. "O programa +Superior é uma excelente medida de apoio às instituições do interior e por isso temos feito um esforço acrescido para a divulgar nas dezenas de escolas que visitamos ao longo do ano. Conseguir estes números é uma boa recompensa por esse esforço e mostra que a UBI continua a ser uma instituição que no Concurso Nacional de Acesso recebe estudantes oriundos de todo o país", diz João Canavilhas, Vice-reitor para o Ensino e internacionalização.

 

O programa +Superior, que é promovido pela Direção Geral do Ensino Superior, teve início no ano letivo anterior, 2014/2015, e visa contribuir para a plena utilização da capacidade do ensino superior público, incentivando e apoiando a frequência de instituições com menor procura por se encontrarem sediadas em regiões do país com menor pressão demográfica.

 

Tem como principais objetivos estratégicos promover a coesão territorial pela atração de população jovem para regiões em perda demográfica; reforçar a contribuição de todas as universidades e institutos politécnicos para o desenvolvimento regional; incentivar a fixação de futuros diplomados nas regiões mais desfavorecidas do país e utilizar melhor a capacidade educativa instalada.

 

 

FONTE: UBI 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados