RCB/TuneIn
Segunda, 22 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
SCC: JOSÉ MENDES NÃO PENSA (PARA JÁ) RECANDIDATAR-SE
Rádio Cova da Beira
Onze anos depois, José Mendes, presidente do Sp. Covilhã, aproveitou a última assembleia geral realizada ontem, antes das eleições marcadas para março de 2016, para discursar e dizer aos 20 sócios presentes que "estou cansado, muito triste e desgostoso com a falta de apoio das entidades e empresários ao longo deste tempo, onde só paguei dívidas, com muito sacrifício, rigor e sofrimento." Referiu.
Por Miguel Malaca em 30 de Oct de 2015

O líder serrano acrescentou ainda que " foi com muito trabalho de todos nós nos orgãos sociais, todos sem excepção, desde da primeira direcção, que conseguimos estabilizar o clube financeiramente, praticamente não temos passivo, não devemos nada a ninguém, ainda hoje pagámos o mês de outubro aos jogadores, nem tão pouco à segurança social e fisco. Só estamos a pagar o leasing da área social do clube, que estará liquidada em 2028, para além do processo "Braga Parques", que está em tribunal, de resto, também por aí, não temos mais nenhuma acção em tribunal pois ganhámos as acções nos casos António Lopes e João Pinto. O passivo ronda actualmente os cerca de 300 mil euros." Disse José Mendes.

O presidente dos leões da serra, refere também no seu discurso que " uma vez que esta é a última assembleia geral antes da eleições do próximo ano, quero em primeiro lugar agradecer ao principal patrocinador do clube, Dr. Luís Veiga e o senhor Manuel Brancal, todo o apoio dado ao clube nestes anos, também a outros empresários, mesmo dando pouco nos ajudam, à Câmara Municipal da Covilhã pelas obras no estádio (novas casas de banho) e cedência do complexo desportivo municipal, e claro aos meus directores, a todos eles, que desde do primeiro dia trabalharam comigo. O meu muito obrigado. Lutei sempre contra tudo e contra todos, contra aqueles que quiseram também assaltar o poder, daí que não compreendo as razões que levam as entidades e seus responsáveis a não apoiar o clube, e em vez disso, deitam abaixo. Quanto às eleições, dentro de pouco tempo vou decidir qual a minha posição a tomar. Seja ela qual for será irreversível. A porta está aberta para todo e qualquer candidato que venha a surgir no futuro. Ser ou não ser candidato, irei decidir em conformidade depois de pensar e reflectir muito bem, juntamente com a minha família, à qual agradeço também todo o apoio e compreensão transmitidos ao longo dos anos que aqui estou, e em breve vou divulgar a minha vontade, que seja qual for, repito, não será depois alterada. Recordo que se não fossem as vendas nestes últimos dois anos de alguns jogadores, já me tinha ido embora, e mesmo assim, não dá para mais." Conclui.

Luís Veiga, questionado pela RCB, sobre estas declarações de José Mendes, considerou-as com "um desabafo e um apelo feito por um homem que nunca teve muito apoio das entidades oficiais, de empresários e da sociedade civil, como merecia, daí considerar estas palavras como um desabafo e um apelo muito sincero a que a ajuda ao clube seja de facto efectiva e concreta, pois o clube, estes dirigentes merecem pelo que têm feito ao longo destes 11 anos. O clube está estabilizado financeiramente e não tem dívidas, o que é óptimo." Refere o presidente da Mesa da Assembleia Geral do SCC.

Na reunião magna realizada ontem à noite na sede social, os sócios do Sporting Clube da Covilhã aprovaram por maioria com uma abstenção, o relatório e contas da época 2014-2015, e parecer do conselho fiscal, com um saldo positivo de 52 mil euros, tendo sido reduzido no mesmo período de tempo, o passivo em 117 mil euros.

Quanto à equipa de futebol profissional, José Mendes afirma que " penso que temos realmente uma equipa melhor do que o ano passado, e que iremos conseguir, pelo menos atingir o 5º lugar, pois o objectivo continua a ser a manutenção. A partir daí, depois logo se vê. Temos que passar a ganhar mais vezes, isto é como acaba, não como começa, e curiosamente o nosso treinador Chaló, até costuma fazer melhores 2ª voltas, daí que, estou confiante numa boa época, pois também tenho muita confiança no técnico e nos jogadores." Disse o presidente da direcção do SCC. 

O Sp. Covilhã, recorde-se, recebe este sábado, às 15h. no estádio Santos Pinto, o Freamunde, a contar para a jornada 13 da II Liga.

Arbitragem de João Mendes da AF Santarém. 

Relato na RCB. 

 

 

 

 

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados