RCB/TuneIn
Quinta, 17 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
AUTARQUIAS ESTREITAM LAÇOS
Rádio Cova da Beira
C√Ęmaras municipal da Covilh√£ e da Batalha assinaram um protocolo de coopera√ß√£o tendo em vista o estreitar de rela√ß√Ķes nas √°reas econ√≥micas e sociais. A cerim√≥nia foi integrada no programa comemorativo dos 145 anos de eleva√ß√£o da Covilh√£ a cidade e tem como denominador comum a figura de Mateus Fernandes, natural daquela cidade, e que foi o principal arquitecto de constru√ß√£o do mosteiro da Batalha.
Por Nuno Miguel em 28 de Oct de 2015

Vítor Pereira, presidente da câmara da Covilhã refere que “tenho a certeza de que este projecto de cooperação vai frutificar; vamos cooperar em áreas fundamentais como o são a economia e a cultura e acredito sinceramente que este projecto vai ser muito mais do que uma geminação”. O autarca covilhanense acrescenta que “o nosso desígnio passa também por fomentar laços com todas as localidades com quem já nos geminámos embora em algumas situações isso não tenha passado do papel. Queremos reavivar as que já existem e potenciar outras”. 

 

Já o presidente da câmara da Batalha refere que o município que dirige vai adoptar algumas medidas práticas no sentido de estreitar os laços entre os dois concelhos “desde logo criando um modelo de discriminação positiva para os alunos que queiram candidatar-se às bolsas municipais do ensino superior e que venham a frequentar a UBI; para além disso o município da Covilhã terá sempre oportunidade de estar presente no nosso posto de turismo, na nossa feira internacional de artesanato e também será um parceiro empresarial em vários projectos que estamos a lançar”.

 

Para além da assinatura do protocolo de colaboração entre os dois municípios foi ainda inaugurada uma peça escultórica de homenagem a Mateus Fernandes. Uma personalidade incontornável na vida dos dois municípios, refere Paulo Santos “deixem-me até dizer com alguma graça que não temos razão de queixa da obra porque ela ainda está em bom estado. A história uniu-nos e juntou este homem notável que é da Covilhã e que esteve na Batalha a dirigir uma grande obra do país e que soube homenagear naquele local um facto extraordinário da história de Portugal e que naquele momento significou a nossa independência. Estou certo que no futuro nos vamos voltar a reunir e estou convicto de que as populações vão poder retirar benefícios do trabalho que estamos aqui a desenhar”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados