RCB/TuneIn
Quarta, 24 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
COOLABORA MUDA PARA O CENTRO
Rádio Cova da Beira
Desde Fevereiro √ļltimo que a Coolabora mudou de instala√ß√Ķes para o centro da cidade. Agora o gabinete de apoio √† v√≠tima de viol√™ncia dom√©stica situa-se no n√ļmero 62 da Rua dos Combatentes, junto ao jardim p√ļblico. Uma mudan√ßa que tornou ¬ďmais central¬Ē o gabinete que desde o in√≠cio do ano registou 86 novos casos de viol√™ncia dom√©stica.
Por Paula Brito em 29 de Sep de 2015
Um número que comprova o aumento dos casos de violência doméstica também na região “efectivamente temos uma maior procura, desde que o gabinete abriu temos tido uma média de 120 novos casos, este ano e até agora já temos 86 novos casos, o que mostra que a violência doméstica é um problema crescente na nossa sociedade”.

A mudança de instalações, segundo Diana Silva, trouxe várias vantagens “em primeiro lugar situa-se numa zona mais central da cidade, o que torna mais fácil as pessoas chegarem até nós, depois mesmo a nível da confidencialidade e anonimato melhorou porque estamos num edifício onde funcionam outras associações e as pessoas são menos identificadas com o gabinete, acabando por se sentir mais seguras e protegidas”.

Para dar resposta aos casos que surgem no gabinete de outras freguesias e locais do concelho,  a Coolabora decidiu candidatar o Serviço Itinerante de Apoio à Vítima de Violência Doméstica ao Orçamento Participativo da câmara da Covilhã para 2016 “esta candidatura veio desta necessidade de termos muitas vítimas do concelho da Covilhã e de arredores, muitas das pessoas que nos contactam não têm possibilidade de chegar até nós, daí a necessidade de termos uma carrinha, e uma técnica a meio tempo, que dê resposta a estas situações”.

O projecto da Coolabora, com o número 26, tem um orçamento inferior a 30 mil euros.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados