RCB/TuneIn
Sábado, 25 Mai 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CARLOS PINTO REQUERE INSTRUÇÃO
Rádio Cova da Beira
O ex-presidente da Câmara Municipal da Covilhã vai requerer a abertura de instrução no processo em que está acusado pelo Ministério Público (MP) de um crime de difamação agravada contra o actual edil, Vítor Pereira.
Por Paulo Pinheiro em 28 de Sep de 2015

Em comunicado, Carlos Pinto sustenta que o "O MP não sopesou bem os factos e dedicou-se a avaliar declarações sem destinatário personalizado, ignorando o contexto de campanha eleitoral. Este despacho supõe mesmo uma interrogação quanto a limitações ao debate público e à liberdade de expressão na análise de factos da vida pública, designadamente em campanha eleitoral" e diz esperar que "tudo deseja esclarecido" no debate instrutório que se seguirá ao requerimento de abertura de instrução que irá apresentar.

 

Segundo a acusação, deduzida na última semana, o crime foi cometido durante a campanha para as eleições autárquicas de 2013, quando, num comício de um candidato independente que apoiava, Carlos Pinto acusou o cabeça de lista do PS - Vítor Pereira, atual presidente - de ter facultado à Câmara de Lisboa o dossiê referente à implementação do Data Center da Portugal Telecom.

 

Ver noticia RCB com o título " Ministério Público Acusa Carlos Pinto". 

 

Por seu turno, Carlos Pinto, aponta no comunicado que o despacho de acusação é baseado em "supostas declarações produzidas em comício durante a campanha" e acrescenta que o MP se dedicou a "avaliar declarações sem destinatário personalizado, ignorando o contexto de campanha eleitoral".

 

"Este despacho supõe mesmo uma interrogação quanto a limitações ao debate público e à liberdade de expressão na análise de factos da vida pública, designadamente em campanha eleitoral", refere Carlos Pinto no mesmo documento, onde também refere que o Data Center da PT (…) “continua a merecer dos atuais eleitos da Câmara da Covilhã ataques semanais de desvalorização daquele investimento, pondo em causa centenas de postos de trabalho já ali criados", refere.

 



  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados