RCB/TuneIn
Sábado, 25 Mai 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PAULO DE OLIVEIRA VAI A JULGAMENTO
Rádio Cova da Beira
O empresário Paulo de Oliveira está pronunciado por difamação agravada, por alegadamente ter posto em causa o bom nome do ex-presidente da câmara municipal da Covilhã, Carlos Pinto. O julgamento está marcado para 12 de Outubro no Tribunal Judicial da Covilhã.Um processo que surge na sequência da queixa apresentada pelo ex-presidente da CMC.
Por Paulo Pinheiro em 26 de Sep de 2015

Segundo o despacho de pronúncia, o crime foi cometido durante uma reunião em 18.Fevereiro de.2014, no salão nobre da câmara municipal da Covilhã numa reunião convocada pelo actual presidente da Câmara, Vítor Pereira (que está arrolado como testemunha pela acusação) e denominada “Encontro com os Covilhanenses”.


Na referida reunião o arguido Paulo de Oliveira, proferiu declarações ofensivas contra o assistente, relacionadas com a construção da sua casa.

“O Arguido bem sabia que tal imputação/afirmação correspondia a factos não verdadeiros, uma vez que o assistente não é proprietário de nenhum imóvel que tenha sido construído pela referida empresa e mesmo conhecendo a falsidade de tal imputação, não se coibiu de a fazer perante todos os presentes no salão nobre da Câmara Municipal assim como aos microfones da rádio”, lê-se no despacho de pronúncia.

E conclui o despacho que o arguido agiu deliberada, livre e conscientemente, bem sabendo que a sua conduta era proibida por Lei.

.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados