RCB/TuneIn
Quarta, 17 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
ÁGUIAS DO MORADAL SEGUE EM FRENTE NA TAÇA DE PORTUGAL
Rádio Cova da Beira
Vitória fácil por números que poderiam até ser mais elevados. O Faial, equipa dos distritais, ainda deu um ar de sua graça, mas durou pouco, muito pouco.
Por João Perquilhas em 16 de Sep de 2015

Os números finais dizem quase tudo. O Águias ainda passou por um susto logo ao segundo minuto, quando Pedro Soares num remate surpresa acertou na barra da baliza de Fernando, mas só isso! Os comandados de Filipe Avelar depressa passaram para o comando total das operações,e se foram felizes na obtenção do primeiro golo, com Kessi Soares a introduzir o esférico na sua própria baliza ao tentar o alivio, Lucas elevou a contagem aos 20 minutos e a pouca resistência forasteira terminou praticamente aí.

Ainda antes do intervalo o mesmo Lucas voltou a marcar, e, para a segunda metade, só faltava saber quantos golos mais a turma dos Açores iria sofrer.

Danny Esteves marcou ao 4º minuto da etapa complementar, e João Henriques bisou em seis minutos, elevando então o score para o seis a zero aos 59.

O golo de honra do Faial foi obra do acaso, num remate que embateu em Zé Augusto e acabou no fundo das redes da baliza local à passagem do minuto setenta, mas, a partir daí, não houve mais golos porque o festival do desperdício, por parte do Águias, foi a nota dominante, desperdiçando assim a hipótese de obtenção de um resultado histórico. 

A arbitragem de Paulo Raposo, de Santarém, não teve qualquer dificuldade em dirigir um jogo que foi de sentido único. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados