RCB/TuneIn
segunda, 26 set 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ABAIXO DO LIMIAR DA POBREZA
Trezentos e cinquenta e oito euros. ? o que recebe em m?dia um homem reformado no distrito de Castelo Branco. O valor diminuiu para 266 euros se falarmos no sexo feminino.
Por Paulo Pinheiro em 29 de Jun de 2009

Outras da categoria:

Em média um reformado recebe no distrito de Castelo Branco 306 euros. As contas são publicadas na edição, desta segunda-feira, do Jornal de Notícias e mostram disparidade geográfica nas pensões de reforma. Lisboa, Setúbal, Porto e Aveiro são os quatro distritos onde as pensões estão acima do limiar da pobreza.

Os números são aproximações feitas pelo JN com base nos dados da Segurança Social. Bragança é distrito com as mais baixas reformas, uma média de 272 euros.É nas regiões Norte e Centro que se encontram os casos mais problemáticos, depois de Bragança vêm Vila Real e Guarda que, colada a si, tem Viseu na quarta posição. Os lugares seguintes são ocupados pelos distritos de Castelo Branco e Viana do Castelo.

O dinheiro que cada pessoa recebe quando se reforma varia consoante o valor dos descontos feitos durante a vida de trabalho. Quanto mais tiver descontado para a Segurança Social mais ganhará depois na reforma.O valor da pensão social de sobrevivência, dada quem nunca fez qualquer descontos, ou não os suficientes para receber uma reforma por velhice, é de 187 euros.Em Portugal, de acordo com o jornal, o limiar da pobreza é de 360 euros mensais.

Muitos são hoje os idosos reformados que passam por privações. Com medicamentos para comprar, da pensão pouca sobra. A ajuda dos filhos, de outros familiares e até de vizinhos, é a única alternativa.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados