RCB/TuneIn
Quinta, 02 Abr 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ADEGA APOSTA FORA DE PORTAS
Rádio Cova da Beira
A aposta na internacionalização está a dar frutos na adega cooperativa do Fundão que só este mês já exportou mais de 55 mil garrafas para Polónia, França e Suíça.
Por Paula Brito em 27 de Aug de 2015
“Felizmente este mês vai ser excepcional para nós, já fizemos três exportações para o estrangeiro com camiões completos, temos mais duas para fazer e a comercialização tem corrido bem no dia-a-dia. Os nossos vinhos DOC estão todos medalhados e acho que vamos conseguir que essas medalhas sejam extensivas aos vinhos regionais, porque nós temos vinhos de excelente qualidade/preço”.

Para Albertino Nunes, presidente da direcção da adega cooperativa do Fundão, este aumento da exportação é fruto do projecto de internacionalização que a adega desenvolveu nos últimos anos “estou convencido que estamos no bom caminho e que vamos continuar a apostar”. Para já o mercado externo tem sido sobretudo europeu, apesar da exportação já realizada para a China “mas a China tem um senão, tivemos alguns problemas na exportação por causa das variações de temperatura que chegam a atingir os 70º”.

Com a exportação a aumentar, os vinhos de Denominação de Origem Controlada todos premiados e uma situação financeira equilibrada, a adega do Fundão está bem e recomenda-se, apesar da desvalorização do vinho nos últimos anos “há uma dúzia de anos 5 litros de vinho rendiam 6 euros, hoje rendem 4, felizmente a adega está de boa saúde, se nos pagassem tudo o que nos devem até podíamos ficar com todo o vinho que lá temos, posso dizer-lhe que casos no contencioso são cerca de 300 mil euros”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados