RCB/TuneIn
Sábado, 06 Jun 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
GIL VICENTE 4-0 SP.COVILHÃ
Rádio Cova da Beira
Quando um jogo termina em goleada pouca coisa se pode dizer. O Gil Vicente soube aproveitar a desatenção da defensiva serrana, que não terá feito tudo o que estaria ao seu alcance, no primeiro e segundo golo. Não se contesta a vitória da equipa de Barcelos, mas as duas equipas podem contestar o trabalho do árbitro do encontro, com dois golos anulados, um para cada equipa.
Por José Joaquim Ribeiro em 23 de Aug de 2015

Segunda Liga - 3ª jornada

 

Gil Vicente 4-0 Sp. Covilhã

 

Já se joga em Barcelos 

 

40' 1-0 Simi. Jogada pela esquerda com Afto a cruzar para o coração da área serrana onde Simi saltou, sem marcação, para abrir o activo. Alguns minutos antes o Gil já tinha rematado para o fundo das redes, mas o árbitro, Duarte Gomes, detetou uma falta que não se verificou. 

 

intervalo 

 

No inicio da segunda parte o Sporting da Covilhã entrou forte e com possibilidade de chegar ao empate. Dialó teve nos pés o golo do empate, aos 50', rematando por cima. No minuto imediatamente a seguir o Covilhã viu a bola entrar na baliza do Gil, num lance que um defesa na tentativa de aliviar a bola rematou contra a cara de Mailó e a bola entrou na baliza, o árbitro do encontro entendeu que a bola terá batido na mão do jogador serrano.

 

Aos 52 minutos uma grande contrariedade para o Covilhã. Diarra teve uma entrada dura sobre o adversário e viu a cartolina amarela, como este foi a segunda admoestação, o Sporting ficou reduzido a dez unidades.

 

O Sporting da Covilhã que tinha entrado com boa intenções para a segunda parte, viu a equipa da casa marcar o segundo golo, aos 58', novamente por Simi, numa boa triangulação perfeita que retirou da jogada a defesa serrana. 

 

59' 3-0 Avto. Jogada de contra-ataque do Gil, que em três toques colocou a bola no fundo da baliza de Taborda, com este a tentar o impossível.

 

Em 10 minutos o jogo podia ter tomado um rumo e acabou por tomar outro completamente diferente. É mesmo futebol. 

 

82' 4-0 Renan. Livre sobre a esquerda, com Renan a rematar diretamente para o fundo das redes. 

 

Terminou o encontro, com o Sporting da Covilhã a sair de Barcelos com uma goleada que de todo não estaria nas previsões de ninguém. O jogo até foi dividido mas a partir do momento que a equipa de Francisco Chaló ficou reduzida a dez unidade toda a estratégia se desmoronou.

 

Na próxima 4ª feira regressa a segunda liga com o Sporting da Covilhã a receber a equipa B do Sporting. 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados