RCB/TuneIn
Sexta, 24 Jan 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
"UM DIA HIST?RICO PARA O CONCELHO DO FUND?O"
? desta forma que o presidente da c?mara municipal do Fund?o classifica o protocolo celebrado entre a autarquia e a REFER para a supress?o de 9 passagens de n?vel no per?metro urbano da cidade.
Por Nuno Miguel em 24 de Jun de 2009

O investimento global ronda os 13,7 milhões de euros e permite, afirma Manuel Frexes "acabar com um pesadelo que existe no atravessamento da cidade".

Os trabalhos contemplam a construção de 6 passagens desniveladas e da nova circular urbana do Fundão. Obras que vão estar concluídas em Fevereiro de 2011.Em Junho do ano seguinte a autarquia compromete-se a ter concluídas as obras do novo interface rodo-ferroviário que fica localizado junto à actual estação de caminho de ferro.

Manuel Frexes espera que este protocolo seja cumprido na integra para "terminar com um longo calvário; iniciámos este processo em 2002 e eu já assinei 4 ou 5 protocolos diferentes pelo que estou confiante que desta vez não vão existir mais entraves à  sua conclusão".

O protocolo foi homologado em visita ao Fundão pela secretária de estado dos transportes. Ana Paula Vitorino mostra-se convicta que "este investimento é fundamental para tornar a linha ferroviária mais atractiva e melhor as condições de mobilidade dos cidadãos". A governante acrescenta que "estas melhorias não são para gáudio do governo ou da refer mas sim para introduzir melhorias que as pessoas sintam no seu dia a dia".

Luís Filipe Pardal, presidente do conselho de administração da REFER, sublinha que "este investimento faz parte de um plano nacional que temos vindo a desenvolver ao longo dos últimos anos para diminuir a sinistralidade nas passagens de nível, e posso dizer-vos que esses dados diminuiram cerca de 65 por cento".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados