RCB/TuneIn
S√°bado, 31 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÔŅĹTICA
PSD RESPONDE AO PS
Rádio Cova da Beira
As cr√≠ticas do PS √† gest√£o de Manuel Frexes √† frente do munic√≠pio do Fund√£o s√£o uma ¬ďBrilhante tentativa de branqueamento do estado de fal√™ncia a que um Governo do Partido Socialista conduziu o pa√≠s.¬Ē, responde o PSD em comunicado ao PS que disse que o PSD tinha escolhido uma estrela do endividamento p√ļblico para cabe√ßa de lista no distrito, nas pr√≥ximas legislativas.
Por Paula Brito em 31 de Jul de 2015
 

Na resposta o PSD diz que “contrariamente ao PS tratou-se de uma dívida assumida, sustentada, estruturada e sufragada em três actos eleitorais. Não escondeu as contas públicas, como fez o Partido Socialista no Governo, que se descobriu que afinal o défice público não era de 4% mas sim de mais de 10%.”

Recordando os “14 paralisados, anos de governação socialista no Fundão”, o PSD diz que seria “imperdoável” que o concelho não tivesse aproveitado as oportunidades dos comunitários que permitiram “colocar o concelho em pé de igualdade com outros municípios da região”.

O PSD entende que a distrital do Partido Socialista “nunca aceitou que o Fundão fosse considerado uma referência nacional em tantos e diferentes domínios nem digeriu as suas derrotas no Fundão”.

O que o PS deveria estar a explicar, neste momento, à população do distrito era como o é que vão conseguir, com os mesmos protagonistas, com as mesmas ideias e pensamentos, não levar novamente o país à bancarrota. O PSD desafia ainda a líder da distrital e cabeça de lista do PS, a explicar como é que o seu nome “antes ao lado de José Sócrates e agora ao lado de António Costa, poderá contribuir para não fazer o país voltar a um estado de bancarrota.”


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados