RCB/TuneIn
Domingo, 25 Ago 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
“O MELHOR BOLO DE PÊSSEGO”
Rádio Cova da Beira
A pasteleira Almeida foi a vencedora do concurso “o melhor bolo de pêssego”, promovido pela câmara municipal da Covilhã, inserido na estratégia de dinamização daquele fruto no âmbito da feira de São Tiago. 11 estabelecimentos de pastelaria e panificação do concelho responderam à chamada tendo o júri ainda entregue menções honrosas à pastelaria “Pérola Doce” e a Maria Machado.
Por Nuno Miguel em 28 de Jul de 2015
Rui Almeida não escondeu alguma surpresa pelo facto de ter vencido este concurso, até porque se tratou de uma experiência diferente da actividade que a empresa desenvolve “foi uma experiência completamente diferente; quando recebemos o convite para participar neste concurso eu pensei que dentro do meu ramo de fabrico, que são os bolos secos, terei que arranjar um bolo em que o pêssego se adeqúe. Preparámos uma massa que está dentro do fabrico que nós temos e juntámos o pêssego que é um fruto que ajuda à confecção do bolo porque tem muita qualidade. Não era este o meu estilo mass se calhar vai passar a ser”.  
Certo é que, para além de ter participado neste concurso, o bolo já foi apresentado aos visitantes da edição deste ano da feira de São Tiago e o empresário refere que já tem encomendas para proceder à sua comercialização no mercado “já o tinha dado a provar, tenho outros que não vieram ao concurso também à base do pêssego e já tenho encomendas; sinceramente estou muito contente com esta vitória porque os colegas tinham ai bolos dentro do mesmo nível e algum teria de ganhar".
O presidente da câmara da Covilhã mostra-se satisfeito com o número de empresas que se associou a esta iniciativa e já pensa em, no próximo ano, autonomizar o pêssego num certame específico e retirar essa componente do contexto da feira de São Tiago “julgo que agora, depois de duas edições, já conseguimos dar ao pêssego uma visibilidade que ele não tinha e acho que já estão criadas as condições para autonomizar o pêssego como uma actividade a desenvolver fora do âmbito desta feira e queremos agora avaliar a melhor forma de o fazer”. 
A edição 604 da feira de São Tiago encerrou portas ao público no último domingo. Um certame que, de acordo com Vítor Pereira, correspondeu às expectativas “não tenho ainda números definitivos mas sei que houve uma grande afluência de pessoas a esta feira; ele teve vários momentos altos, apostámos na diversificação dos artistas e também em mostrar aquilo que de melhor tem a nossa região mas queremos sempre melhorar”. 
O autarca covilhanense refere que, apesar da avaliação positiva, ainda há aspectos que podem ser melhorados. Um deles diz respeito à diversificação das actividades económicas “essa é uma área em que vamos querer apostar para que as actividades aqui representadas sejam cada vez mais abrangentes; vamos ver em concreto onde é que podemos melhorar e estamos abertos a todas as sugestões e certamente que vamos acolhe-las porque o nosso objectivo é melhorar sempre”.
Certo é que no próximo ano o complexo desportivo da Covilhã vai continuar a ser o palco para a realização deste certame. Vítor Pereira refere que se trata do melhor local para a sua realização e nesse aspecto não vão ocorrer quaisquer mudanças.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados