RCB/TuneIn
Sábado, 19 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CMC ADMITE MUDANÇAS NA FEIRA DE S. TIAGO
Rádio Cova da Beira
Vítor Pereira admite reduzir o número de dias da feira S. Tiago. Na última reunião pública o actual figurino do certame esteve em análise e o autarca covilhanense pediu sugestões ao executivo. O tema foi introduzido por José Pinto, o vereador da CDU entende que, como está, a feira de S. Tiago “não tem ponta por onde se pegue”.
Por Paula Brito em 22 de Jul de 2015

O autarca entende que o período é demasiado “largo”, sugerindo que se reduzisse para “oito a 10 dias, melhorando de forma significativa o cenário que uma feira como esta merece, incluindo a questão das actividades económicas”.

Também o presidente da câmara da Covilhã admite que 17 dias são demais, mas está aberto a sugestões “há uma coisa que eu concordo, duas semanas de feira com o actual figurino é um bocado cansativo, o melhor é enquadrá-la num contexto de actividades económicas com uma componente cultural forte, é uma questão que está em aberto, devemos todos reflectir sobre isso e peço contributos, já agora por escrito, para fazermos um documento e depois decidirmos”.

Orgulhoso da feira, Carlos Martins recorda que o certame foi “visitado” por várias entidades fiscalizadoras, na passada semana, mas desiludam-se aqueles que queriam transformar a feira de S. Tiago numa barracada “esteve lá a ASAE, o SEF, as Finanças, há pessoas que gostariam que esta feira se transformasse numa barracada, há lá muitas barracas que permitem a muitos sobreviver, mas não vai haver barracada”.

Pedro Farromba entende que o certame cumpre os objectivos de uma feira desta tipologia “quem quer jantar com ar condicionado e talhares de prata vai a outro sítio, ali vai porque é uma feira, onde vai comer uma fartura e beber um sumol de ananás, comer um gelado de máquina, e chegar a casa com os sapatos cheios de pó, podem ser criadas melhores condições, seguramente que podem, agora a feira é a feira porque é assim e é um vez por ano.”


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados