RCB/TuneIn
Segunda, 15 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
FUNDÃO: PS ESTRANHA APOIO CONCEDIDO PELA CÂMARA MUNICIPAL
Rádio Cova da Beira
O Partido Socialista do Fundão estranha subsídio de 15 mil euros atribuído pela câmara municipal do Fundão à Associação Nacional de Cuidados de Saúde.
Por Paulo Pinheiro em 24 de Jun de 2015

Em comunicado, a concelhia do PS do Fundão classificam os considerandos da proposta, aprovada na última reunião do executivo, "no mínimo duvidoso, com base num eventual projeto piloto que se afigura desconhecido".

O PS sublinha a "facilidade" com que a autarquia atribui uma verba de 15 mil euros num contexto d endividamento excessivo a uma associação embrionária de outro concelho, considerando que o mesmo não sucede no apoio a associações do concelho do Fundão com provas dadas.

A concelhia socialista questiona ainda os motivos deste apoio, uma vez que existem na região parceiros estratégicos nesta área, citando a Universidade da Beira Interior e o Instituto Politécnico de Castelo Branco.

 

Também o presidente da câmara municipal do Fundão mostra estranheza mas pela posição do PS. O autarca afirma que o projeto piloto em causa é inovador na área da tele-assistência e conta com apoios de cerca de 90% a fundo perdido e tem como pólos o Fundão e a Lousã

"Uma enorme estranheza. Como é que um projeto de cooperação da área da inovação que tem o objetivo tão nobre de melhorar os cuidados de proximidade à população isolada tem esta leitura por parte do PS. É algo muito estranho", refere o edil.

Quanto à UBI e ao IPCB, Paulo Fernandes garante que  ambas as instituições vão ser mobilizadas para cada um dos pólos piloto do projecto (Fundão e Lousã) "que a partir de agora vai aglutinar os parceiros adequados para desenvolver este projecto de tele-saúde, com um software inovador, e que vai ser caso piloto em Portugal, apesar de já estar a ser aplicado no mercado inglês" , explica o edil do Fundão.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados