RCB/TuneIn
Terça, 21 Mai 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“VIVER FUNDÃO” COM RESULTADO POSITIVO
Rádio Cova da Beira
A empresa municipal “Viver Fundão” fechou o ano passado com um resultado liquido positivo de 5600 euros. Os números fazem parte do relatório de gestão daquele organismo que foi aprovado por maioria na última reunião pública da autarquia.
Por Nuno Miguel em 29 de Apr de 2015

De acordo com o presidente da câmara municipal “baixaram os resultados líquidos em comparação com o ano 2013 mas isso ficou a dever-se ao aumento das amortizações do edifício da escola profissional porque se nós não tivéssemos feito qualquer amortização em termos financeiros o resultado positivo seria superior ao do ano passado porque essa depreciação é superior a 72 mil euros”.

Paulo Fernandes acrescenta que “quando falo de «Viver Fundão» nós temos sempre uma nuvem que é a questão da escola profissional; como sabem nós fizemos um acordo bancário com um período de carência extraordinário do ponto de vista dos empréstimos que a empresa tem relativamente ao edifício dado que demos um ano e meio para ajudar a escola profissional em termos da sua eventual reestruturação e que permite, do ponto de vista de tesouraria da «Viver Fundão» uma maior libertação em termos do serviço de dívida o que transpusemos para a escola profissional do ponto de vista do pagamento das suas obrigações com um pagamento muito menor, sensivelmente menos de metade do que pagariam até ao dia de hoje, mas que possa manter a empresa equilibrada relativamente a este processo”. 

O autarca sublinha que “isso não significa que o valor não fique em dívida mas fica para dívida futura e espero que este ano e meio que estamos a colocar seja o necessário para a entidade poder respirar, chegar o novo quadro comunitário de apoio e depois analisar o que podemos fazer em relação a toda esta problemática”.  
Na reunião do executivo a eleita do PS, Ana Rita Raposo, votou contra os documentos alegando que foram entregues de forma tardia.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados