RCB/TuneIn
Segunda, 14 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
GRUPO HOSPITALAR DA BEIRA INTERIOR: "COMPROMETEDOR SILÊNCIO?"
Rádio Cova da Beira
A sec√ß√£o sectorial da sa√ļde do PS de Castelo Branco estranha o sil√™ncio dos partidos, nomeadamente da maioria, "que no passado foram c√©leres a pedir explica√ß√Ķes e n√£o se coibiram de manifestar a sua opini√£o", e que agora, perante o an√ļncio do facto consumado,da cria√ß√£o do Grupo Hospitalar da Beira Interior existe um ¬ďcomprometedor¬Ē silencio?".
Por Paulo Pinheiro em 28 de Apr de 2015

Em comunicado, os responsáveis da secção sectorial da saúde do PS de Castelo Branco dizem aguardar, expectantes, os necessários esclarecimentos "que muito naturalmente deverão ser prestados por quem de direito" e anunciam estar a preparar a realização de um debate público com especialistas e intervenientes locais e nacionais sobre esta temática.

Relembrando que sempre entenderam que, só com a criação de uma maior escala populacional e uma imparcial complementaridade entre as várias instituições de saúde da região, seria possível melhorar a prestação dos cuidados de saúde à população das beiras, Alzira Serrasqueiro e José Sanches Pires, que assinam o documento, sustentam  "que, um projeto desde tipo, só peca por tardio", acrescentando que "mais do que assacar responsabilidades pelo atraso de mais de oito anos, pretendemos saber o que os partidos políticos, sobretudo os que suportam o atual poder, conhecem e pensam sobre este assunto".

 

Para a secção sectorial da saúde do PS de Castelo Branco, os responsáveis pela saúde do país muito se têm esforçado por mostrar uma imagem positiva daquilo que tem sido a sua política, ao longo da atual legislatura, mas "as suas palavras são permanentemente contrariadas pelos factos".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados