RCB/TuneIn
terça, 27 set 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
JOVENS PREOCUPADOS COM O FUTURO
Rádio Cova da Beira
Como vem sendo habitual no Fundão, na sessão solene comemorativa do 25 de Abril têm a palavra os jovens, em representação das diversas escolas do concelho, que aproveitaram para mostrar as suas preocupações e apreensões quanto ao futuro.
Por Paula Brito Batista em 25 de Apr de 2015
A começar por Lídia Rebelo do Agrupamento de Escolas Gardunha e Xisto “É o desemprego no país que aumenta a cada dia, por outro lado aqueles que lutam pelo seu futuro, na maior parte dos casos, são obrigados a trabalhar de dia e de noite para poderem integrar o ensino superior, pois este continua a pertencer às classes mais abastadas da sociedade”.

Preocupações partilhadas por João Pedro Salvado, do agrupamento de escolas do Fundão “os nossos avós deviam estar a descansar e a aproveitar a vida, hoje contam os tostões para pagar um gelado aos netos, os nossos pais fazem o inconcebível para que não nos falte nada, e quando não conseguem mais damos com eles desesperados por não saberem como gerir o seu futuro e, mais importante ainda, o nosso, damos por nós com a escolha entre trabalhar, e muito provavelmente falhar, ou ir embora”.

A Ana Rita e Mariana Justo, do Externato Capitão Santiago de Carvalho, a duas vozes, invocaram os jovens de Abril “jovens que lutaram pelos seus ideias, sem derramamento de sangue pela liberdade, é de jovens assim que Portugal precisa, é urgente que a Revolução se dê diariamente em cada um de nós”.

Ana Catarina Saraiva, da escola profissional do Fundão, recordou o importante papel das escolas profissionais no Portugal democrático “a sociedade deve muito a estas escolas, ser aluno da EPF é ser farol, é ser o primeiro dos primeiros, viver na e da excelência, todos unidos formam um só corpo, uma escola de todos, para todos”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados