RCB/TuneIn
Domingo, 17 Dez 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
BANDA COVILHÃ: AG APROVA CONTAS
Rádio Cova da Beira
As obras de remodelação da sede da Associação Recreativa Musical Covilhanense, ao jardim público, devem ser inauguradas no próximo mês de Maio. A informação foi prestada aos sócios pelo presidente da direcção no decorrer da última assembleia geral. Os poucos associados presentes aprovaram as contas de 2014, que registaram um saldo de 2.500 euros.
Por Paulo Pinheiro em 31 de Mar de 2015

Foi em casa emprestada, no Núcleo Sportinguista da Covilhã, que a Banda covilhanense realizou a assembleia geral, a decisão foi tomada devido às obras que ainda decorrem na sede da colectividade. 

Os poucos associados presentes aprovaram o relatório e contas referentes a 2014, que registam um saldo positivo de 2.500 euros, um montante que não constitui motivo para respirar de alívio

" A 31 de Dezembro era o valor que estava no banco mas todos os projectos e trabalhos em curso, nomeadamente a grande obra que o Centro Cultural da Banda acarreta muito mais despesa e comparticipação própria, o esforço dos sócios, dos responsáveis e benfeitores que ao longo do último ano nos têm vindo a ajudar. Todos os recursos são poucos", afirma o presidente do elenco directivo.

Na assembleia geral nenhuma lista se apresentou a sufrágio. Eduardo Cavaco explica que a direcção não se recandidatou porque entende que só depois da inauguração da sede, com a qual abre.se um novo ciclo, devem decorrer eleições, até lá ficam os actuais responsáveis em gestão. O actual presidente já garantiu que se recandidata ao lugar

"Claro que pensarei em formar uma lista porque depois da inauguração das obras não seria correcto, pelo menos mais um mandato, não usufruir de um espaço nobre, com valências culturais ao mais alto nível, que irá permitir os projectos da banda mas também os projectos culturais da cidade da Covilhã poderem ser desenvolvidos em articulação com todas as entidades ligadas à cultura. Entendemos que é preciso concluir um ciclo e abrir outro de oportunidades com novos projectos e candidaturas ao Horizonte 2020 que irão trazer uma nova dinâmica á cidade da Covilhã", explica Eduardo Cavaco.

A banda já solicitou uma reunião à câmara municipal da Covilhã para agendar a data da cerimónia de inauguração que pode contar com a presença de um membro do Governo

"Aguardamos que o Sr. Presidente nos chame para agendar a inauguração que queremos que seja no decorrer de  Maio uma vez que tem que ser articulada com elementos do Governo porque achamos que a cerimónia deva ser um grande momento cultural para a cidade da Covilhã"

Para as obras realizadas na sede, a Associação Recreativa Musical Covilhanense suporta uma verba de 99 mil euros e tem um protocolo com a CMC, aprovado o ano passado, de 90 mil euros, que entra em vigor no próximo mês de Junho e por um período de três anos. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados