RCB/TuneIn
Segunda, 17 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CONTAS APROVADAS
Rádio Cova da Beira
Associação mutualista covilhanense fechou o ano passado com um saldo positivo na ordem dos 19 mil euros. Os números fazem parte do relatório e contas da direcção que foi aprovado por unanimidade pelos sócios na última assembleia geral.
Por Nuno Miguel em 31 de Mar de 2015
O documento aponta para uma diminuição da dívida da ordem dos 48 mil euros, cifrando-se actualmente em 659 mil, havendo ainda a registar um aumento do volume de vendas da farmácia social que no ano passado registou uma facturação de 353 mil euros.
Para o presidente da direcção “para nós o mais importante é que a instituição mantenha uma capacidade financeira que lhe permita aproveitar um conjunto de investimentos que necessita de fazer num curto prazo e que tem que ver com a requalificação dos edifícios, implementação de medidas de optimização energética, investimentos também na área da formação e da protecção de emprego e para isso vamos ter que mostrar alguma capacidade financeira e nós continuamos a manter uma estrutura de balanço que nos permite olhar com optimismo para o futuro”.   
Para 2015 dois os grandes projectos passam pela requalificação da parte exterior do centro comunitário de apoio ao idoso e pela instalação da sala “snoezelan”, na sede histórica da instituição. Intervenções que vão ser apoiadas pela “Missão Sorriso” e cujos trabalhos podem arrancar durante o próximo mês “neste momento estamos apenas à espera de luz verde por parte da «missão sorriso»; os projectos foram apresentados em tempo recorde, devidamente orçamentados, já temos assegurada a nossa componente própria no processo onde estamos a falar de aproximadamente 15 mil euros e é nossa ideia que no mês de Abril já exista acordo para avançar porque gostaríamos de ter esta intervenção feita durante o mês de Junho”.   
Nélson Silva acrescenta que este ano também vão ser disponibilizadas novas valências no centro clinico de mutualista assim como vai ser assegurada uma maior regularidade no funcionamento dos ateliers que tem vindo a ser desenvolvidos na sede histórica a partir do próximo dia sete de Abril “nós não tínhamos uma experiência de intervenção naquele edifício e depois de percebermos bem quais eram as situações que tinham que ser limadas nós neste momento podemos afirmar de forma tranquila que vamos ter um conjunto de ateliers com dias, horas e com formadores já devidamente contratualizados tal como vamos arrancar já no mês de Abril com as primeiras consultas de ortopedia no nosso centro clínico e estamos também já a arrancar com as de psicologia”.   

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados