RCB/TuneIn
Sexta, 14 Ago 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CHCB ESCOLHIDO PARA O PROGRAMA "STOP INFECCÇÃO HOSPITALAR"
Rádio Cova da Beira
A Fundação Calouste Gulbenkian seleccionou o Centro Hospitalar Cova da Beira (CHCB) como um dos 12 hospitais públicos do país para participar no programa “STOP Infecção Hospitalar”, que tem como meta reduzir em 50 por cento as infecções hospitalares, no prazo de 3 anos.
Por Paulo Pinheiro em 31 de Mar de 2015

Outras da categoria:

O programa, financiado pela Fundação (www.gulbenkian.pt)até ao limite de 100 mil euros, por instituição, nos próximos três anos, implica o compromisso de adoptar uma metodologia coordenada pelo Institute for Healthcare Improvement (www.ihi.org) , assim como a qualificação de recursos humanos, nomeação de responsáveis directos, registo, envio e partilhar dados de monitorização e colaboração nos procedimentos periódicos de avaliação.

 

Esta terça-feira, 31 de Março, é assinada a carta de compromisso público de colaboração nesta iniciativa, nas instalações da Fundação Calouste Gulbenkian, entre o presidente da Fundação, Artur Santos Silva, e os vários responsáveis dos hospitais selecionados, entre eles o presidente do conselho de administração do CHCB, Miguel Castelo-Branco. A cerimónia conta com a presença do Ministro da Saúde, Paulo Macedo.

 

Além do CHCB, foram seleccionados os centros hospitalares do Alto Ave; Barreiro-Montijo; Lisboa Central; Lisboa Norte; São João; os hospitais de Braga e Nélio Mendonça, na Madeira, o IPO do Porto e as unidades locais de saúde de Matosinhos, Baixo-Alentejo e Nordeste.

 

A redução das infecções hospitalares foi uma das medidas referidas pelos peritos que elaboraram, a pedido da Fundação Calouste Gulbenkian, o relatório "Um futuro para a saúde", apresentado em Setembro de 2014 (o estudo pode ser consultado aqui http://goo.gl/k1G6Zr).

 

De acordo com declarações na altura da apresentação do relatório Nigel Crisp, antigo responsável pelo serviço de saúde inglês e que presidiu ao grupo de especialistas que elaborou o dossier, as infecções hospitalares representam uma despesa de 280 milhões de euros por ano, segundo dados oficiais. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados