RCB/TuneIn
Segunda, 21 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
GRANDE ROTA REVITALIZADA
Rádio Cova da Beira
O secretário de estado do ambiente considera que o facto de o concelho do Fundão estar inserido numa área com várias zonas de protecção deve ser visto como uma oportunidade e não como uma dificuldade. A afirmação feita por Paulo Lemos na cerimónia de reinauguração da grande rota pedestre das Aldeias Históricas, que passados 15 anos da sua criação, foi agora remarcada por forma a permitir uma nova dinamização turística dos espaços.
Por Nuno Miguel em 26 de Mar de 2015

Outras da categoria:

O governante sublinha que essa nova dinamização pode contribuir para uma maior valorização dos territórios e dos produtos locais e dessa forma associar na perfeição as áreas do turismo e da preservação da natureza “aqui reúnem-se condições excepcionais de história, património natural, todo um conjunto de produtos endógenos e que tem um valor potencial grande pelo facto de estarem nestes territórios e por isso o facto de o concelho ter muitas zonas de protecção não deve ser visto como uma obstáculo mas sim como uma vantagem e por isso esta rota é muito importante no sentido de poderem atrair mais visitantes para toda esta região”.  
A grande rota é um percurso pedestre que une as 10 aldeias históricas que integram esta rede, tem uma extensão aproximada de 450 quilómetros e percorre 17 concelhos em toda a Beira Interior abrangendo um total de 52 povoações. Paulo Fernandes, presidente da câmara do Fundão, refere que “em boa hora houve condições para revitalizar esta grande rota que se voltou a colocar ao serviço de todos aqueles que cada vez são mais e que são amantes do património mas que se pretende que seja um património activo e sobretudo nesta relação maravilhosa que Castelo Novo exprime como poucos”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados